O Brasil e a autossuficiência em petróleo

LinkedIn

Rio de Janeiro, 28 de Agosto de 2013 – A diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard,  afirmou nesta quarta-feira que o Brasil deve deixar de ser importador líquido de petróleo até o final do ano, com a entrada de novas plataformas em produção.

Segundo ela, o Brasil continuará importando petróleo leve e exportando petróleo pesado, por uma questão de mistura necessária para as operações nas refinarias, mas a situação para a balança comercial será confortável do que verificada recentemente. Magda Chambriard afirmou também que o parque de refino de petróleo brasileiro tem uma capacidade de mais ou menos 2 milhões de barris por dia.

A Petrobras previu em abril que o Brasil retomará a autossuficiência em petróleo no próximo ano. A estatal previu que a extração de petróleo voltaria a crescer a partir do segundo semestre deste ano, com menos paradas programadas de plataformas e novos sistemas produtivos entrando em operação.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.