PIB: FMI reduz previsão de crescimento econômico mundial

LinkedIn

Nova Iorque, 08 de Outubro de 2013 – Nesta terça-feira, o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou seu relatório trimestral global, o World Economic Outlook (WEO). O FMI reduziu sua previsão de crescimento para a economia global em 2013 e 2014, e alertou que o cenário poderá piorar se houver um prolongamento da situação de bloqueio orçamentário nos Estados Unidos.

De acordo com o documento, a economia global deverá fechar o ano de 2013 com um crescimento de 2,9%, abaixo dos 3,2% que foram registrados no ano passado e dos 3,9% de 2011. Já a previsão de crescimento para a economia mundial para 2014 caiu de 3,8% para 3,6%.

Entre as economias avançadas, a previsão de crescimento para 2013 e 2014 foi mantida em 1,2% e 2,0%, respectivamente.  Já os países emergentes e em desenvolvimento tiveram sua expectativa de crescimento reduzida em meio ponto, para 4,5% em 2013. Para 2014, o crescimento desses países também foi reduzida, de 5,5% para 5,1%.

Segundo a análise da instituição, o menor crescimento do PIB global deve se dar por conta do menor ritmo das economias emergentes. “A atividade nas principais economias avançadas começou a acelerar a partir de níveis moderados. Por outro lado, o crescimento da China e muitas outras economias emergentes na Ásia e na América Latina esfriou”, diz o estudo.

O menor crescimento da China deve afetar muitas outras economias, principalmente as exportadoras de commodities, caso do Brasil. A indicação do Fundo é que a China impulsione  permanentemente gastos de consumo privado para reequilibrar o crescimento da demanda sem exportações e investimento.

 

Deixe um comentário