O tamanho da influência do Federal Reserve no mercado financeiro brasileiro

LinkedIn

Rio de janeiro, 19 de Fevereiro de 2014 – Nesta quarta-feira, toda a atenção do mercado financeiro brasileiro está voltada para a divulgação da ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do banco central norte-americano (Federal Reserve), que equivale ao nosso Comitê de Política Monetária (Copom).

Nada se define até que os analistas destrinchem cada linha e entrelinha do relatório, que pode sinalizar se a instituição americana fará um novo corte bilionário em seu pacote de estímulo mensal que, originalmente, despejava US$ 85 bilhões de dólares no mercado. Na última reunião do Fomc, o Fed anunciou um segundo corte de US$ 10 bilhões no programa de compra de títulos públicos, mantendo o incentivo mensal em US$ 65 bilhões.

O mercado torce para que o relatório aponte que os membros do Fed tenham ficado indecisos sobre o real fôlego da economia norte-americana, depois que alguns indicadores recentes foram impactados pela onda de frio acima do normal que assolou os Estados Unidos nas últimas semanas.

Uma diminuição no ritmo da redução dos estímulos seria muito bem vinda: reduziria um pouco a pressão sobre o valor do dólar em relação às moedas dos países emergentes e, manteria por mais algum tempo, o investimento externo nas bolsas de valores emergentes.

Porém, se a ata não apresentar nenhuma mudança de tom, o dólar continuará subindo e os mercados de ações despencando.

 

Tecnicamente Falando…

 

Independente do conteúdo da Ata do Fomc, o Índice Bovespa tem tudo para ter um dia mais ameno.

Depois das fortes quedas registradas nos últimos pregões, o Ibovespa fechou o pregão de terça-feira próximo a uma zona de suporte de preços. Além disso, acabou formando um padrão de reversão no gráfico de candlesticks diário.

 

Deixa que eu traduzo

 

Muitos investidores posicionam sua ordem de compra nessas zonas de preço de suporte histórico.

Já o padrão de reversão formado indica que houve uma exagero na força dos investidores que estavam se desfazendo de suas posições, permitindo que os compradores recuperassem seu poder de negociação.

Enfim, o fato é que existe uma boa chance do Ibovespa fechar em alta hoje.

 

Resultados Corporativos desta Quarta-Feira

 

No apagar das luzes de terça-feira, a Oi (OIBR3 e OIBR4) divulgou o balanço financeiro do quarto trimestre de 2013. A empresa de telecomunicações carioca surpreendeu o mercado com um lucro líquido de R$ 1,18 bilhões – 190,7% maior que o registrado no último trimestre de 2012. No ano, no entanto, a empresa registrou uma queda de -16,3% no lucro líquido em comparação com 2012. O ótimo resultado do último trimestre pode ser atribuído à nova estrutura operacional da empresa que, se acarretou uma pequena perda de receita líquida (-2,4%), proporcionou uma redução de custos e despesas operacionais na ordem de -23,8%. Com isso, o lucro por ação dos acionistas controladores aumentou de R$ 0,2480 para R$ 0,7110.

Logo ao amanhecer, foi a vez do BTG Pactual (BBTG11) divulgar seus resultados em 2013. O banco de investimentos registrou um lucro líquido de R$ 768 milhões no quarto trimestre de 2013 – um resultado que não agradou ao mercado, que esperava por um lucro de R$ 792 milhões.

Já por volta da 9:00, a Itaúsa (ITSA3 e ITSA4) divulgou algumas boas novas para o mercado. No último trimestre de 2014, a holding controladora de empresas como Itaú Unibanco, Duratex, Elekeiroz e Itautec registrou um lucro líquido de R$ 1.818 bilhões – 60% maior que o lucro aferido no 4T 2012. Já no acumulado do ano, o crescimento foi de 24,3% (R$ 6.011 bilhões em 2013). Na véspera, o Conselho de Administração da empresa já tinha aprovado um aumento de capital de R$ 525 milhões com emissão de novas ações para subscrição particular. Os recursos da operação serão usados para reforçar o capital de giro da empresa e manter um nível adequado de liquidez, disse a Itaúsa. Além disso, o Conselho também aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio complementares, no valor de 0,17660 por ação, para acionistas com base na companhia nesta quarta-feira. No total, a Itaúsa aprovou a destinação de R$ 1,53 bilhão para pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio pagos ou provisionados, além de R$ 616,8 milhões referentes ao adicional de juros sobre capital próprio provisionados.

 

Cenário Externo

 

Além da óbvia ansiedade pelo relatório dos membros do Fed, o mercado amanheceu nesta quarta-feira ainda apreensivo pelo medida do banco central chinês que gerou, em última instância, um enxugamento de liquidez no mercado. Não custa lembrar que qualquer mudança na política monetária promovida pela China, por menor que seja, retira um montante considerável de dinheiro do mercado.

Os mercados acionários asiáticos demonstraram um humor hesitante nesta quarta-feira, com investidores mantendo um olhar atento às taxas de juros na China. Os investidores estão mostrando ansiedade por temores sobre o aperto ir longe demais e impactar o crescimento econômico, preocupações que periodicamente pressionam as moedas e ações da região asiática.

Já na Europa, o dia foi de divulgação da taxa de desemprego no Reino Unido, que aumentou para 7,2% em dezembro – o maior patamar desde fevereiro de 2013.

Chamou a atenção também o forte aumento no preço do Petróleo negociado em Londres.  O petróleo Brent subiu 1,17%, para US$ 110,46 o barril, maior nível desde 31 de dezembro. Em Nova Iorque, o preço dos contratos futuros da commodity energética também dispararam, atingindo a maior cotação dos últimos quatro meses.

 

A Ata

 

E não é que a ata da última reunião do Fomc trouxe alguns esclarecimentos:

1) O Fed pretende reduzir, a cada reunião mensal, seu programa de estímulo econômico em US$ 10 bilhões. Isso só não ocorrerá no caso de alguma catástrofe ou de uma piora significativa de algum indicador econômico.

2) O Fed não pretende, por enquanto, subir sua taxa básica de juros. Segundo a instituição, isso só ocorrerá bem depois que a taxa de desemprego do país estabilizar-se abaixo de 6,5%.

O mais importante dessa ata foi a clara preocupação do Fed em tornar suas decisões mais previsíveis, diminuindo as especulações e, consequentemente, a volatilidade do mercado financeiro toda vez que seus membros abrem a boca.

 

Mercado de Ações

 

E não é que o Mercado Bovespa reagiu bem ao conteúdo da ata do Fomc. Uma dose de previsibilidade não faz mal a ninguém, não é mesmo? O Ibovespa fechou o dia em alta de 1,18%, cotado em 47.150,83 pontos. O bom resultado foi influenciado, principalmente, pelo desempenho positivo das ações da Vale, BR Properties e dos bancos Itaú Unibanco e Bradesco.

Quem não está ajudando a recuperação do Ibovespa são as ações do setor elétrico, muito por conta da indefinição sobre qual será a contribuição do governo com o alto custo do acionamento das usinas termelétricas. O mercado estima que a conta de luz teria que subir pelo menos 15% para que o governo conseguisse cobrir metade do que já foi gasto pelas distribuidoras de energia.

Enquanto o governo não decide o que vai fazer, o preço das ações das empresas do setor definham.

 

Mercado de Câmbio

 

O dia também foi de alívio pra moeda brasileira. O dólar diminuiu a pressão, permitindo que as intervenções do Banco Central sobre o mercado surtissem efeito. A moeda norte-americana fechou em queda de 0,3% nesta quarta-feira, cotada a R$ 2,39 para venda.

 

Tesouro Direto

 

Hoje é quarta-feira no Tesouro Direto, ou seja, o dia que o Tesouro Nacional se dispõem a recomprar as Notas (NTN-B e NTN-C) e as Letras (LTN e LFT) em posse dos investidores. Normalmente, é o dia de maior volatilidade do mercado de títulos públicos brasileiro.

E esta quarta-feira promete, uma vez que o preço dos títulos negociados no Tesouro Direto vêm de quatro sessões consecutivas de alta. Nos últimos sete dias, todos os títulos se valorizaram. Destaque para as Notas do Tesouro Nacional que tiveram valorização próxima de dois por cento.

 

Dica ADVFN: Invista em mercados com liquidez e com mais alternativas para proteçãoAbra conta na sua primeira corretora de valores nos Estados Unidos

Deixe um comentário