Perfil da dívida pública brasileira em janeiro de 2014

LinkedIn

Rio de Janeiro, 27 de Fevereiro de 2014 – Os números do governo federal mostram que o estoque de títulos prefixados somou R$ 778 bilhões em janeiro, ou 39,91% do total, contra R$ 878 bilhões, ou 43,3% do total, em dezembro de 2013. A queda na participação decorre do resgate líquido de R$ 106 bilhões em papéis prefixados no mês passado.

Os títulos atrelados aos juros básicos da economia, por sua vez, tiveram sua participação elevada em janeiro. No fim do mês passado, estes títulos públicos representavam 11,47% do estoque total da dívida interna, ou R$ 223 bilhões, contra 11,35% do total (R$ 230 bilhões) em dezembro de 2013.

A parcela da dívida atrelada aos índices de preços somou 38,16% em janeiro deste ano, ou R$ 744 bilhões, contra 36,14% do total em dezembro do ano passado – o equivalente a R$ 732 bilhões.

Os ativos indexados à variação da taxa de câmbio, por sua vez, somaram 10,47% do total (R$ 204,9 bilhões) em janeiro, contra R$ 186,9 bilhões, ou 9,22% do total, em dezembro de 2013. O aumento da dívida atrelada ao dólar se deve à emissão de contratos de swap cambial – que equivalem a uma venda de dólares no mercado futuro.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.