Selic: Banco Central eleva taxa básica de juros para 11,00% ao ano

LinkedIn

Rio de Janeiro, 02 de Abril de 2014 – Preocupado com a persistente alta da inflação, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) elevou a taxa básica de juros (taxa selic) dos atuais 10,75% para 11,00% ao ano. A decisão foi unânime e veio dentro do esperado pela maioria dos analistas.

Com a decisão de hoje, a taxa selic volta ao patamar mais alto desde novembro de 2011, quando também estava fixada em 11,00% ao ano. Em março de 2013, a taxa básica de juros brasileira encontrava-se em 7,25% – menor valor de sua história. Desde então, o BC subiu a taxa de juros em 3,75 pontos percentuais para tentar segurar a alta dos preços.

Foi a nona elevação consecutiva da taxa selic. Na primeira, em abril de 2013, a alta tinha sido de 0,25 ponto percentual. Nas seis reuniões seguintes, o BC acelerou o ritmo e subiu os juros em 0,5 ponto percentual. Na reunião passada, em fevereiro, voltou a reduzir o ritmo da alta para 0,25 ponto percentual.

Com o novo aumento, os juros brasileiros ficaram acima do patamar vigente no início do governo Dilma Rousseff, em 2011 – quando estavam em 10,75% ao ano. O ciclo de alta atual vai na contramão de uma das principais marcas do governo federal na área econômica: mesmo defendendo o controle da inflação, a presidente destacou, por diversas oportunidades nos últimos anos, a queda dos juros básicos, e também pressionou os bancos a reduzirem suas taxas aos consumidores.

A expectativa dos economistas dos bancos é de que a elevação dos juros de hoje não seja a última do ano. A previsão é de, pelo menos, mais um aumento em 2014 – para 11,25% ao ano.

Ao fim do encontro, o BC divulgou a seguinte frase: “O Copom decidiu, por unanimidade, neste momento, elevar a taxa Selic em 0,25 pontos percentuais, para 11,00% ao ano, sem viés. O Comitê de Política Monetária irá monitorar a evolução do cenário macroeconômico até sua próxima reunião, para então definir os próximos passos na sua estratégia de política monetária”.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.