Banco Central confirma expectativa do mercado financeiro e eleva taxa de juros na segunda reunião do Copom em 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 04 de Março de 2015 – O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu nesta quarta-feira, por unanimidade, elevar a taxa básica de juros da economia brasileira de 12,25% para 12,75 % ao ano. Foi o quarto aumento consecutivo da Taxa Selic, que não atingia um patamar tão elevado (12,75%) desde a reunião de 21 de Janeiro de 2009.

A nova alta dos juros confirma a previsão da maior parte dos analistas do mercado financeiro, que estimavam, justamente, uma alta de 0,50 ponto percentual – a mesma intensidade do aumento promovido pelo Copom na reunião findada em 21 de Janeiro de 2015.

A decisão do Copom foi tomada em meio a um quadro econômico recheado de complexidade. A inflação insiste em permanecer acima do limite máximo do sistema de metas. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos últimos doze meses aponta para uma alta 7,70% nos preços dos produtos aferidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em fevereiro de 2015. O percentual ficou bem acima do teto da meta inflacionária estabelecida pelo governo federal (6,50%).

Essa foi a segunda vez que a autoridade monetária se reuniu sob a égide da nova equipe econômica, encabeçada pelo dupla Joaquim Levy (Ministro da Fazenda) e Nelson Barbosa (Ministro do Planejamento).

Notícias relacionadas

– Copom eleva Taxa Selic em meio ponto percentual na segunda reunião de 2015

– Novo aumento de 0,50% faz Taxa Selic atingir maior patamar dos últimos seis anos

– Copom eleva juros pela quarta vez consecutiva na segunda reunião de 2015

– Banco Central promove novo aumento da Taxa Selic em março de 2015 para tentar controlar a inflação

– Nova elevação dos juros promovida em março de 2015 torna Caderneta de Poupança ainda menos atrativa para o investidor

– Qual o melhor investimento em renda fixa com a Taxa Selic estipulada em 12,75% ao ano?

– Ata da 189ª reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que culminou com a elevação da Taxa Selic para 12,75% ao ano

 

Deixe um comentário