China manteve-se como o principal fornecedor dos produtos importados pelo Brasil em fevereiro de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 02 de Março de 2015 – A China encabeçou a lista dos principais países fornecedores de produtos importados pelo Brasil no segundo mês de 2015. Os chineses venderam um total de US$ 2,769 bilhões – o equivalente a 18,54% do valor importado pelo país ao longo do mês. Em fevereiro de 2014, o país também ficara na primeira posição.

Os três principais produtos vendidos pelo país asiático em fevereiro deste ano foram: circuitos impressos e outras partes para aparelhos de telefonia (US$ 161,930 milhões ou 1,08%), partes de aparelhos transmissores ou receptores (US$ 115,011 milhões ou 0,77%) e partes e acessórios de máquinas para processamento de dados (US$ 84,125 milhões ou 0,56%).

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, entretanto, o valor total das transações fechadas pela China envolvendo produtos brasileiros caiu 6,99%. As maiores quedas referem-se às vendas de partes e acessórios de máquinas para processamento de dados (-39,94%), partes de aparelhos transmissores ou receptores (-39,10%) e tecidos de fibras têxteis (-19,05%).

Confira todos os detalhes sobre as importações brasileiras em fevereiro de 2015

O segundo principal vendedor de produtos para o Brasil no mês foram os Estados Unidos, que respondeu por 13,37% do valor total importado pelo país em fevereiro. Foram US$ 1,996 bilhão em valores absolutos. Assim como ocorreu com a China, houve retração de 29,96% frente ao valor total vendido no mesmo mês do ano passado.

Os principais produtos comprados dos Estados Unidos em fevereiro foram: partes de motores ou turbinas para aviação (US$ 153,888 milhões ou 1,03%), óleos combustíveis (US$ 131,062 milhões ou 0,88%) e instrumentos e aparelhos de medida e verificação (US$ 56,228 milhões ou 0,38%). Dos dez principais produtos adquiridos pelos Estados Unidos no mês, oito registraram queda no valor total de pedidos, na comparação com o ano anterior. As maiores quedas foram: medicamentos para medicina humana e veterinária (-72,33%), óleos combustíveis (-67,56%) e gás propano liquefeito (-66,87%). O maior crescimento, em relação a fevereiro de 2014, ocorreu sobre as compras de veículos e materiais para vias férreas (+383,27%).

Confira a lista completa dos principais países fornecedores dos produtos importados pelo Brasil em fevereiro de 2015

Em terceiro lugar no ranking de principais países fornecedores de produtos para o país em fevereiro de 2015, destaque para a Alemanha, cuja participação de 5,26% sobre o valor total importado pelo Brasil pesou US$ 785,116 milhões sobre a balança comercial nacional no segundo mês do ano. Os principais produtos comprados pelo país europeu foram medicamentos para medicina humana ou veterinária (US$ 86,220 milhões ou 0,58%), partes e peças para veículos automóveis e tratores (US$ 42,761 milhões ou 0,29%) e automóveis de passageiros (US$ 33,467 milhões ou 0,22%).

Na comparação com fevereiro de 2014, no entanto, houve diminuição de 22,45% no valor total de pedidos de compra realizados à Alemanha. Seis dos dez principais produtos adquiridos pelos alemães registraram retração na comparação entre os dois meses. A maior queda foi registrada na compra de automóveis de passageiros (-55,58%).

Notícias Relacionadas

– Balança Comercial: valor total das importações brasileiras diminui no segundo mês de 2015

– Brasil comprou menos dos principais blocos econômicos em fevereiro de 2015

– Produtos manufaturados responderam por 83,21% das importações brasileiras em fevereiro de 2015

– Balança Comercial: todas as regiões brasileiras importaram menos em fevereiro de 2015 do que no ano anterior

– Importação: óleo bruto e óleo combustível foram os itens que mais pesaram sobre a forte queda das compras brasileiras no exterior em fevereiro de 2015

– Petrobras foi a empresa que mais importou no Brasil em fevereiro de 2015

 

Deixe um comentário