Brasil: Vendas no comércio varejista caíram 0,9% em Maio de 2015

LinkedIn

São Paulo, 14 de Julho de 2015 – O comércio varejista brasileiro fechou o quinto mês de 2015 com variação de -0,9% no volume de vendas. A receita nominal permaneceu constante com a variação mensal de 0,0%. Ambas as taxas referem-se à comparação entre as vendas no varejo de maio e abril, após ajuste sazonal dos índices. No caso do volume de vendas, o resultado apurado foi o quarto consecutivo com taxa negativa. O resultado da receita nominal estabiliza o quadro positivo do mês anterior (0,3%). Quanto à média móvel trimestral, o volume de vendas registrou variação de -0,8%, enquanto a receita apresentou taxa de -0,2%.

Nas demais comparações, obtidas das séries originais (sem ajuste), o varejo apresentou, em termos de volume de vendas, decréscimo de -4,5% sobre maio do ano anterior, acumulando variações de -2,0% no ano e de -0,5% nos últimos doze meses. Para os mesmos indicadores, a receita nominal de vendas apresentou variação de 1,9%, 4,1% e de 5,7%, respectivamente.

O Comércio Varejista Ampliado, que inclui o varejo e mais as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, continuou a registrar variação negativa no volume de vendas sobre o mês anterior, com taxa de -1,8%, na série com ajuste sazonal. No caso da receita nominal, a variação foi de -0,9%, voltando a ser negativa depois de registrar 0,3% no mês anterior. Em relação ao mesmo mês do ano anterior, foram registradas variações de -10,4% para o volume de vendas e de -4,2% na receita nominal de vendas. Quanto aos resultados acumulados, as taxas de oscilação foram de -7,0% no ano e de -5,0% nos últimos doze meses, para o volume de vendas, e de -1,1% e 0,8% para a receita nominal, respectivamente.

Notícias Relacionadas

– Brasil: Vendas no comércio varejista caíram 0,9% em Maio de 2015

– IBGE: Vendas no varejo brasileiro diminuíram em sete das dez atividades avaliadas em Maio de 2015

– 25 dos 27 estados brasileiros pesquisados pelo IBGE em Maio de 2015 registraram diminuição nas vendas no varejo

Deixe um comentário