IPC-DI: fortes altas no preço dos jogos lotéricos e em contas residenciais pressionam inflação ao consumidor em Junho de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 14 de Julho de 2015 – O Índice de Preços ao Consumidor – Disponibilidade Interna (IPC-DI), aferido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 0,82% no sexto mês do ano. A valorização foi puxada, principalmente, pela forte alta nos preços dos jogos lotéricos e de algumas contas residenciais.

O preço da taxa de água e esgoto e do condomínio residencial subiram forte no sexto mês do ano: valorização de 4,12% e de 2,11% em junho. No mês anterior, esses itens residenciais variaram 1,34% e 0,89%. Já o preço dos jogos lotéricos disparou mais ainda em junho: valorização de 29,26%, ante forte alta registrada em maio (20,62%) – diferença de 8,64%.

Outros itens que registraram aumento considerável de preço em junho, na comparação com o mês anterior, foram: refeições em bares e restaurantes, que subiu 0,72% em maio e 0,56% em junho (diferença de variação de -0,16%); e cebola, que subiu 32,26% em maio e 23,07% em junho (diferença de variação de -9,19%).

Alguns itens contribuíram para que a valorização do IPC-DI em junho de 2015 não fosse maior. As cinco principais influências negativas do Índice de Preços ao Consumidor – Disponibilidade Interna no sexto mês do ano foram: preço do tomate, que subiu 17,47% em maio e caiu -18,70% em junho (diferença de variação de -36,17%); preço da cenoura, que subiu 17,37% em maio caiu -14,92% em junho (diferença de variação de -32,29%); preço da tangerina, que caiu -28,82% em maio e -15,35% em junho (diferença de variação de 13,47%); preço da laranja-pera, que caiu -6,25% em maio e -5,21% em junho (diferença de variação de 1,04%); e preço do etanol, que caiu -0,86% em maio e caiu -0,85% em junho (diferença de variação de 0,01%).

O IPC mede a variação de preços de um conjunto fixo de bens e serviços componentes de despesas habituais de famílias com nível de renda situado entre 1 e 33 salários mínimos mensais. Sua pesquisa de preços se desenvolve diariamente, cobrindo as sete principais capitais do país. Os preços são coletados entre os dias 01 e 31 do mês de referência.

Notícias Relacionadas

– IPC-DI: inflação ao consumidor medida pela FGV volta a acelerar em Junho de 2015

– IPC-DI acelera em Junho de 2015 e acumula inflação de 9,15% nos últimos 12 meses

– IPC-DI: fortes altas no preço dos jogos lotéricos e em contas residenciais pressionam inflação ao consumidor em Junho de 2015

Deixe um comentário