Comissão Europeia e Otan fazem minuto de silêncio por vítimas de Paris

LinkedIn

A Comissão Europeia (CE) e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan, a sigla em inglês) fizeram hoje (16) um minuto de silêncio e colocaram as bandeiras a meio-mastro, em memória das vítimas dos atentados de sexta-feira (13) à noite em Paris.

A entrevista coletiva diária da Comissão Europeia começou com os jornalistas e os porta-vozes cumprindo, em pé, o minuto de silêncio, com a sala às escuras, e a projeção de uma imagem da sede do Executivo europeu com a legenda “#Paris#NousSommesUnis”.

Em carta enviada ao presidente francês, François Hollande, o presidente da CE, Jean-Claude Juncker, manifestou-se revoltado com “o terrorismo mais odioso”.

A Comissão Europeia está preparando reunião extraordinária dos ministros da Justiça e Assuntos Internos da União Europeia para discutir os ataques em Paris.

Também na sede da Otan, houve um minuto de silêncio em memória das vítimas

Os atentados, segundo comunicado da organização, “são um ataque aos nossos valores fundamentais de liberdade, democracia e direitos humanos”.

“O terrorismo e os extremismo nunca poderão derrotar a democracia e as nossas sociedades abertas”, diz o texto.

A Comissão Europeia e o Parlamento Europeu decidiram aumentar o nível de alerta em seus edifícios em Bruxelas, de branco para amarelo.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou no sábado, em comunicado, os atentados em Paris, que causaram pelo menos 129 mortos.

De acordo com o último balanço feito pelos hospitais, das 415 pessoas atendidas  após os ataques, pelos menos 42 continuavam, nesse domingo à tarde, em vigilância intensiva em unidades de reanimação.

Deixe um comentário