Petrobras propõe reajuste de 9,53% nos salários e benefícios dos empregados

LinkedIn

A Petrobras propôs reajuste de 9,53% nos salários dos empregados. A proposta para o Acordo Coletivo de Trabalho 2015 mantém ainda os demais benefícios e vantagens que fazem parte do atual acordo. Em nota, a estatal diz que a proposta é definitiva e traduz “o empenho máximo da empresa para atender às reivindicações dos empregados e seus representantes”.

A Petrobras (BOV:PETR3 e BOV:PETR4) afirma também que avançou na negociação com os empregados e, por isso, confia no fim da greve dos petroleiros. “A Petrobras, diante dos avanços na proposta, aguarda um posicionamento favorável dos empregados e seus representantes e o encerramento das mobilizações promovidas pelas entidades sindicais.

A proposta foi apresentada pela área de Recursos Humanos da empresa em duas reuniões ontem (11), no edifício-sede da companhia, no centro do Rio. A primeira com representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e em seguida com a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).

A Petrobras informou ainda que se comprometeu em criar um grupo técnico, com representantes da companhia, da FUP e de sindicatos, para a elaboração de um relatório sobre itens da Pauta pelo Brasil, defendida pela entidade. “O grupo deverá elaborar um relatório para análise da direção da empresa”, diz a estatal.

Os dirigentes da FUP estão reunidos para a discutir a proposta. O diretor de Comunicação da entidade, Francisco José de Oliveira, disse que o documento é amplo e, por isso, não tem ainda como chegar a uma conclusão.

“Não tem ainda como sair com uma análise do que é a proposta, mas já orientamos a categoria à manutenção do movimento. Não tem suspensão da greve. Permanece, porque não apreciamos como um todo a proposta, não podemos suspender o movimento”, afirmou.

Oliveira confirmou que a Petrobras está disposta a negociar os itens da Pauta pelo Brasil, defendida pela FUP. “Só o fato da empresa ter recebido a gente para discutir a pauta, que é da FUP e de seus sindicatos, isso foi de grande importância. A empresa demorou, mas, na verdade, nos recebeu e nós apresentamos ponto a ponto à Petrobras e hoje ela respondeu”, acrescentou.

Editor Aécio Amado

Deixe um comentário