Com nova lei, 90% dos inadimplentes deixam de entrar em cadastro de devedores em SP, aponta estudo da ANBC

LinkedIn

A nova lei paulista que obriga os inadimplentes a receberem um aviso de recebimento (AR) para então serem incluídos nos cadastros de devedores fez com que apenas 2% dos consumidores com dívidas em atraso foram incluídos nos cadastros de proteção ao crédito. Segundo estudo da Associação Nacional dos Birôs de Crédito (ANBC), 90% das pessoas notificadas pelas empresas que negativam crédito em São Paulo recusaram o recebimento da carta.

A lei nº 15.659/15,  de autoria do deputado estadual Rui Falcão (PT), substituiu a notificação por carta simples, com aviso de postagem, usada há mais de 30 anos, pelo modelo com aviso de recebimento (AR) para o devedor.

Custos

Segundo o levantamento, a mudança na negativação nos birôs de crédito de 13 milhões de débitos atrasados de setembro a dezembro de 2015. Com a ausência das informações atualizadas, o volume de empréstimos concedidos também diminuiu.

A Serasa Experian e a Boa Vista SCPC suspenderam seus indicadores de inadimplência, também pela falta de informações sobre os pagamentos em atraso. A estimativa é que os cadastros de crédito sejam consultadas por 500 mil empresas por dia.

Deixe um comentário