Setor automobilístico recua 26,5%, em 2015 aponta Fenabrave; projeção para 2016 é de queda de 5,8%

LinkedIn

O setor de veículos recuou 26,5% em 2015 na comparação com o ano anterior, apontou a federação dos concessionários, a Fenabrave, com 2,5 milhões de unidades vendidas. Incluindo as motocicletas, a queda foi de 21,85%. O presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção, afirmou ao jornal O Estado de S.Paulo que o setor negocia com o governo um pacote que estimule o consumo. “Há um compromisso verbal”, disse ele à respeito do acordo.

Os detalhes do possível acordo não foram divulgados.

A principal influência pro resultado veio das vendas consolidadas de automóveis, comerciais leves e motocicletas, que tiveram queda de 4,1% em dezembro, depois de alta de 5,5% em novembro.

As vendas de caminhões subiram 4,8%, ante alta de 28,2% em novembro. As vendas de ônibus também recuaram em dezembro, 6,5%, depois de recuo de 22,1% no mês anterior. 

No mês, o emplacamento de carros caiu 8,7% e o de veículos leves recuou 3,9%, enquanto o de modos registrou alta de 2,9%.

Projeção

A Fenabrave projeta novo recuo de vendas para este ano, de 5,8%. A projeção da consultoria MCM e ainda mais pessimista: queda de 8,7% nas vendas no setor automobilístico.

A MCM espera que o cenário permaneça “muito ruim” ao longo de 2016 por conta da demanda enfraquecida dificultando o ajuste dos estoques.

Deixe um comentário