Dollar Week: Dólar cai 2,84% na primeira semana de Fevereiro de 2016

LinkedIn

Na semana que antecede o Carnaval, o dólar registrou sua segunda semana de queda no ano. Foram três pregões de fortes desvalorizações, contra dois de alta. Destaque para a última quinta-feira, 04 de Fevereiro, quando o dólar atingiu seu menor patamar em 2016: R$ 3,8941.

A moeda norte-americana voltou a ser cotada abaixo de quatro reais, influenciada pela percepção do mercado que o banco central dos Estados Unidos, o Federal Reserve (Fed), não aumentará sua taxa básica de juros no curto e médio prazo. Também pesou para a forte baixa da divisa a esperança de que os principais países produtores de petróleo definirão um acordo para reduzir a produção da commodity e, enfim, forçar seu preço para cima.

 

Variação diária do dólar na quinta semana de 2016

Data Compra Venda Variação Variação
05/02/16 3,9093 3,9100 0,41% 0,0159
04/02/16 3,8929 3,8941 -0,61% -0,0240
03/02/16 3,9161 3,9181 -1,70% -0,0679
02/02/16 3,9851 3,9860 0,68% 0,0269
01/02/16 3,9579 3,9591 -1,62% -0,0652

 

O dólar em 01 de Fevereiro de 2016, segunda-feira

A moeda norte-americana voltou a encerrar um pregão em alta nesta sexta-feira pré-carnavalesca, após dois dias consecutivos de baixa. A nova alta do dólar foi influenciada, principalmente, pela divulgação de dados sobre a taxa de desemprego nos Estados Unidos, que caiu para 4,9% em janeiro – a taxa mais baixa desde fevereiro de 2008. O mercado de câmbio brasileiro não abrirá segunda-feira e terça-feira de Carnaval, voltando a funcionar apenas na quarta-feira na parte da tarde. Isso fez com que o movimento de compras da divisa americana no Brasil aumentasse nessa sexta-feira, uma vez que alguns investidores preferiram não ficar tão expostos às oscilações do dólar no mercado internacional de moedas.

Dólar volta a fechar abaixo de R$ 4,00 no primeiro pregão de Fevereiro

 

O dólar em 02 de Fevereiro de 2016, terça-feira

A moeda norte-americana voltou a fechar em alta nesta terça-feira, interrompendo uma sequencia de três quedas consecutivas. Durante o dia, o dólar chegou a subir mais de um por cento e ultrapassar a barreira dos quatro reais. Depois, no entanto, o ritmo de alta desacelerou. O mercado de câmbio brasileiro reagiu à nova queda dos preços do petróleo e adotou um tom de cautela com o fim do recesso parlamentar no Brasil.

Dólar volta a fechar em alta nesta terça-feira, mas ainda cotado abaixo de quatro reais

 

O dólar em 03 de Fevereiro de 2016, quarta-feira

A moeda norte-americana encerrou o pregão desta quarta-feira com a maior queda percentual do ano, mantendo-se cotada abaixo de quatro reais. A forte desvalorização foi influenciada pelo avanço dos preços do petróleo e pela divulgação de fracos indicadores sobre a economia dos Estados Unidos. Mesmo assim, os investidores ainda vêm mantendo bastante cautela diante das constantes preocupações com a situação política e econômica do Brasil.

Dólar fecha o pregão desta quarta-feira no menor valor do ano

 

O dólar em 04 de Fevereiro de 2016, quinta-feira

A cotação do dólar manteve-se abaixo do patamar de quatro reais nesta quinta-feira, renovando a mínima do ano. A moeda reagiu à percepção dos investidores de que o Federal Reserve (Fed), Banco Central dos Estados Unidos, não deverá aumentar mais aumentar a taxa básica de juros do país até, pelo menos, o fim de 2016.

Especulações sobre taxa de juros norte-americana fazem dólar renovar menor valor do ano

 

O dólar em 05 de Fevereiro de 2016, sexta-feira

A moeda norte-americana voltou a encerrar um pregão em alta nesta sexta-feira pré-carnavalesca, após dois dias consecutivos de baixa. A nova alta do dólar foi influenciada, principalmente, pela divulgação de dados sobre a taxa de desemprego nos Estados Unidos, que caiu para 4,9% em janeiro – a taxa mais baixa desde fevereiro de 2008. O mercado de câmbio brasileiro não abrirá segunda-feira e terça-feira de Carnaval, voltando a funcionar apenas na quarta-feira na parte da tarde. Isso fez com que o movimento de compras da divisa americana no Brasil aumentasse nessa sexta-feira, uma vez que alguns investidores preferiram não ficar tão expostos às oscilações do dólar no mercado internacional de moedas.

Dados positivos sobre emprego nos EUA puxam alta do dólar na véspera do Carnaval

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.