Ibovespa recua e volta aos 39 mil pontos; Gol avança 31% e dólar é vendido a R$ 4,01

LinkedIn

Às 11h45, o Índice Bovespa voltava aos 39.963 pontos, com queda de 1,09%, pressionado pelas ações dos bancos e da Vale (BOV:VALE3 e BOV:VALE5). Os papéis preferenciais (BOV:ITUB4, sem voto) do Itaú Unibanco caíam 1,50%, seguidos por Bradesco PN (BOV:BBDC4), 1,43%, pelas ações ordinárias (BOV:BBAS3, com voto) do Banco do Brasil, 1,81%, e pelas units (recibos de ações) do Santander (BOV:SANB11), 0,77%, no dia que as instituições financeiras divulgaram suas expectativas de inflação para o ano, que passaram para 7,26%, segundo a mediana da pequisa do Boletim Focus do Banco Central (BC).

Enquanto isso, Vale ON e PNA recuavam 1,13% e 1,66%, respectivamente. Já Petrobras ON ganhava 0,58%, ao passo que Petrobras PN perdia 0,41%, com a commodity em queda no exterior.

O segundo maior peso do Ibovespa, Ambev ON perdia 2,75%. No horário, os maiores avanços do indicador estavam com Gol PN (BOV:GOLL4), 31,37%, Smiles, 6,53%, Cemig PN, 5,41%, e Hypermarcas ON, 3,89%. A aérea Gol subia com seus dados de operacionais divulgados pela manhã. Em 2015, a demanda doméstica da companhia aumentou 1%, em meio a estagnação da oferta. Considerados os voos domésticos e internacionais, a Gol também registrou estagnação da oferta e avanço de 1% da demanda, com uma taxa de ocupação de 77,2%.

Já as piores quedas eram de JBS ON 5,74%, Suzano Papel PNA, 4,70%, Fibria ON, 4,33%, e Oi PN, 4,24%. As companhias exportadoras perdiam com o dólar em baixa.

Petróleo volta a marcar queda; EUA perdem e Europa recua 1% 

Depois de registrar alguma recuperação na semana passada, o petróleo volta hoje a marcar desvalorização. O tipo WTI, negociado em Nova York, caía 3,33%, para US$ 32,50, no mesmo sentido que o Brent, de Londres, 2,20%, para US$ 35,20. Na Ásia, o chinês CSI 300 caiu 1,53%, enquanto o japonês Nikkei subiu 1,98%. A atividade industrial da China recuou em janeiro no ritmo mais rápido desde 2012, mostrou o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Markit/Caixin. O PMI oficial caiu a 49,4 em janeiro, contra 49,7 no mês anterior e abaixo da marca de 50 que indica contração.

Nos Estados Unidos, o mercado futuro mostrava o Dow Jones recuava 0,67%, assim como o S&P 500, 0,73%, e o índice da Nasdaq, 0,57%. Com quedas significativas, o europeu Stoxx 50 também tinha baixas de 1,44%, seguido pelo britânico Financial Times, 1,26%, pelo francês CAC, 1,25%, e o alemão DAX, 1,20%.

Juros ficam estáveis e dólar cai para R$ 4,01

Pela manhã, as projeções de juros futuros para 2017 e 2021 ficavam estáveis em 14,65% e 16,43% ao ano, respectivamente. Já os negócios válidos até 2018 tinham taxas de 15,62%, ante 15,52% na última sexta-feira. O dólar comercial perdia 0,32%, para R$ 4,01 na venda, ao passo que o dólar turismo subia 0,70%, vendido a R$ 4,29.

Deixe um comentário