China e Petróleo fazem Ibovespa subir forte no primeiro pregão de Março

LinkedIn

O Ibovespa subiu forte pelo segundo dia consecutivo nesta terça-feira, primeiro pregão de março. Foi a primeira vez no ano que o principal índice de ações brasileiro performa bem acima do fechamento do ano anterior. Até então, tinham sido dois meses de grande sofrimento para os investidores brasileiros. Hoje, o indicador subiu reagindo às medidas consistentes de estímulo econômico adotadas na véspera pelo Banco Central da China, que fez os preços das commodities subirem forte, incluindo aí o preço do barril de petróleo.

Em 2016, após trinta e nove pregões, o Ibovespa acumula uma valorização de 1,78%. No ultimo pregão de 2015, o principal índice acionário do pais fechara cotado 43.349,96 em pontos. São dezoito pregões de alta contra vinte de baixa ao longo do ano.

No mês anterior, em dezenove pregões, o índice de ações acumulou uma alta de 5,91%. Foram dez pregões de alta contra nove de baixa ao longo de fevereiro. No pregão do dia 29 de janeiro, o indicador encerrara o dia cotado em 40.405,99 pontos.

 

Ibovespa Hoje

O Ibovespa subiu 3,10% nesta terça-feira, 01 de Março de 2016, fechando cotado em 44.121,79 pontos. Ao longo do dia, o principal índice de ações do Brasil oscilou entre 42.795,18 pontos (valor mínimo) e 44.181,29 pontos (valor máximo). No pregão anterior, o principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo subiu 2,89%, encerrando o dia cotado a 42.793,86 pontos.

O volume financeiro total movimentado durante o dia pelos ativos componentes do Ibovespa foi de R$ 4,752390 bilhões.

 

Cenário Externo

No cenário externo, os estímulos econômicos adotados pela China, a nova alta dos preços do petróleo e novos dados sobre a indústria dos Estados Unidos alimentaram a demanda por ativos de risco, como as ações negociadas na bolsa de valores brasileira.

O otimismo no mercado internacional já tinha se iniciado no dia anterior, quando o Banco Central da China anunciou mais medidas para tentar estimular a economia. O movimento se sobrepôs à queda na atividade industrial no país asiático registrada em fevereiro, que trouxe certa preocupação sobre a saúde econômica da segunda maior potência mundial.

As boas notícias sobre a China fizeram o preço do petróleo começar o dia em alta. Isso ajudou a puxar, principalmente, a cotação das empresas exportadoras de commodities.

O movimento do mercado aumentou durante a tarde, após a divulgação de novos dados sobre a economia dos Estados Unidos. A indústria norte-americana contraiu em fevereiro, mas em ritmo mais lento que no mês anterior. Além disso, os gastos com construção no país saltaram em janeiro ao nível mais alto desde 2007.

De acordo com a Reuters, os números foram positivos o suficiente para alimentar a procura por aplicações de risco, mas não para justificar aumentos na taxa de juros nos Estados Unidos tão cedo.

As Bolsas de Valores da Ásia e do Pacífico encerraram o dia em alta.

– Austrália: +0,85%

– China: +1,71%

– Cingapura: +0,60%

– Coreia do Sul: sem negócios nesta terça-feira

– Hong Kong: +1,55%

– Japão: +0,37%

– Taiwan: -0,89%

 

A maioria das Bolsas de Valores da Europa fechou com forte valorização.

 

– Alemanha: +2,34%

– França: +1,22%

– Espanha: +1,77%

– Inglaterra: +0,92%

– Itália: +2,21%

– Portugal: +1,32%

 

O índice Dow Jones Industrial, principal índice acionário dos Estados Unidos, registrou alta de 2,10%, cotado a 16.865,08 pontos.

 

Cenário Interno

No cenário local, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior divulgou que exportações superaram as importações em US$ 3,043 bilhões no mês passado – valor recorde para o mês de fevereiro.

Além disso, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central começou hoje uma reunião de dois dias para decidir o novo patamar da taxa Selic – a taxa básica de juros do país. Esse é o segundo encontro do Copom neste ano.

A taxa está em 14,25% ao ano desde julho do ano passado e a expectativa do mercado é de que seja mantida nesse patamar.

 

Petrobras

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3), que fornecem a seus detentores o direito a voto em assembléia da companhia, subiram 2,99%, fechando cotadas a R$ 7,57. Já as ações preferenciais (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, subiram 3,31%, cotadas a R$ 5,31.

As ações da companhia ganharam em meio a nova alta nos preços do petróleo.

 

Vale

A alta do Ibovespa também foi puxada pelo desempenho positivo da Vale. As ações da mineradora brasileira reagiram bem ao aumento no preço das commodities negociadas nos mercados chineses.

As ações preferenciais da mineradora (VALE5) subiram 7,94%, cotadas a R$ 9,24. Já as ações ordinárias da companhia (VALE3) saltaram 8,47%, encerrando o dia valendo R$ 12,81.

 

Composição o Ibovespa em 01 de Março de 2016

ATIVO ULT OFC OFV MAX MIN VAR VAR%
ABEV3 18,25 18,25 18,21 18,39 17,67 0,61 3,46
BBAS3 14,32 14,33 14,32 14,45 13,62 0,78 5,76
BBDC3 23,85 23,90 23,85 24,14 23,52 0,58 2,49
BBDC4 21,94 21,94 21,93 22,09 21,45 0,60 2,81
BBSE3 25,44 25,45 25,44 25,52 24,21 1,32 5,47
BRAP4 4,34 4,34 4,31 4,34 4,08 0,31 7,69
BRFS3 52,91 53,00 52,91 53,57 51,50 1,51 2,94
BRKM5 25,50 25,54 25,50 25,87 24,88 0,00 0,00
BRML3 13,45 13,45 13,44 13,55 13,17 -0,01 -0,07
BVMF3 12,19 12,20 12,14 12,19 11,57 0,57 4,91
CCRO3 12,94 12,94 12,93 13,22 12,81 0,31 2,45
CESP6 14,29 14,30 14,29 14,45 13,72 0,69 5,07
CIEL3 32,20 32,20 32,15 32,56 31,15 1,19 3,84
CMIG4 6,14 6,15 6,14 6,19 5,92 0,27 4,60
CPFE3 17,15 17,15 17,13 17,20 16,91 0,45 2,69
CPLE6 23,75 23,88 23,75 24,19 23,19 0,62 2,68
CSAN3 27,40 27,57 27,40 27,84 26,80 0,65 2,43
CSNA3 5,40 5,44 5,40 5,55 5,37 0,20 3,85
CTIP3 38,35 38,40 38,35 38,76 37,90 0,45 1,19
CYRE3 8,39 8,39 8,35 8,44 8,21 0,19 2,32
ECOR3 4,69 4,69 4,65 4,69 4,54 0,17 3,76
EMBR3 29,70 29,71 29,70 30,58 29,63 -0,50 -1,66
ENBR3 12,75 12,75 12,74 13,02 12,75 0,02 0,16
EQTL3 38,00 38,00 37,97 38,64 37,41 -0,29 -0,76
ESTC3 13,40 13,47 13,28 13,70 12,92 0,64 5,02
FIBR3 42,76 42,76 42,62 43,76 41,94 -1,24 -2,82
GGBR4 3,60 3,61 3,60 3,72 3,57 0,07 1,98
GOAU4 1,25 1,26 1,25 1,31 1,22 0,04 3,31
HGTX3 13,07 13,23 13,07 13,55 13,07 -0,17 -1,28
HYPE3 25,77 25,77 25,76 26,02 25,24 0,57 2,26
ITSA4 7,10 7,10 7,09 7,13 6,86 0,30 4,34
ITUB4 26,58 26,58 26,50 26,58 25,50 1,20 4,71
JBSS3 11,65 11,65 11,61 11,70 11,28 0,25 2,19
KLBN11 21,86 21,86 21,67 22,00 21,11 0,36 1,67
KROT3 10,15 10,15 10,12 10,26 10,07 0,18 1,81
LAME4 20,18 20,39 20,18 20,57 19,94 0,29 1,46
LREN3 18,52 18,52 18,50 18,72 18,04 0,52 2,89
MRFG3 6,29 6,29 6,28 6,43 6,17 0,04 0,64
MRVE3 10,74 10,74 10,73 10,80 10,64 0,14 1,32
MULT3 47,83 47,88 47,80 48,29 47,06 0,82 1,74
NATU3 27,60 27,63 27,45 27,80 26,71 1,02 3,84
OIBR3 1,31 1,32 1,31 1,37 1,28 0,05 3,97
PCAR4 41,90 42,02 41,89 42,70 41,48 0,32 0,77
PETR3 7,57 7,61 7,57 7,67 7,21 0,22 2,99
PETR4 5,31 5,31 5,30 5,37 5,10 0,17 3,31
QUAL3 13,11 13,11 13,04 13,34 12,84 0,23 1,79
RADL3 46,51 46,53 46,51 47,07 45,77 0,50 1,09
RENT3 23,88 24,15 23,88 24,18 23,19 0,89 3,87
RUMO3 2,90 2,91 2,90 2,90 2,72 0,27 10,27
SANB11 15,64 15,64 15,60 15,64 14,90 0,69 4,62
SBSP3 22,91 22,91 22,90 23,08 22,47 0,30 1,33
SMLE3 31,20 31,30 31,20 31,83 29,56 2,08 7,14
SUZB5 16,27 16,28 16,25 16,62 15,96 -0,23 -1,39
TBLE3 35,99 35,99 35,93 36,56 35,42 0,69 1,95
TIMP3 7,23 7,28 7,23 7,32 6,99 0,28 4,03
UGPA3 64,00 64,04 63,75 64,71 62,80 1,15 1,83
USIM5 0,91 0,92 0,91 0,93 0,90 0,01 1,11
VALE3 12,81 12,85 12,81 12,96 12,14 1,00 8,47
VALE5 9,24 9,25 9,24 9,24 8,76 0,68 7,94
VIVT4 39,09 39,09 39,01 39,35 38,22 0,99 2,61
WEGE3 13,25 13,25 13,11 13,45 13,05 0,06 0,45

 

Deixe um comentário