Dólar volta a cair nesta terça-feira, 22 de Março. O dia foi marcado por uma série de ataques terroristas em Bruxelas

LinkedIn

A moeda norte-americana voltou a cair na última terça-feira de março. Hoje o dia foi bastante turbulento no mercado externo, em virtude de mais um triste atentado na Europa. O alvo desta vez foi um aeroporto e uma estação de metrô em Bruxelas, na Bélgica. Até o momento, há mais de 34 mortos e 200 feridos. Por aqui, o conflito político e a Operação Lava Jato continuam dando as cartas, pressionando o dólar para baixo. O Banco Central, em contrapartida, vem tentando conter a tendência de baixa através de operações de swaps reversos, que equivalem à compra de dólares no mercado futuro.

Em 2016, após cinquenta e cinco pregões, o dólar acumula uma queda de 8,79% ante o real. São vinte e quatro pregões de alta contra trinta e um de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

No mês atual, após dezesseis pregões, a moeda norte-americana acumula uma desvalorização de 10,06%. São doze pregões de baixa contra quatro de alta. No último pregão de fevereiro, o dólar fechara cotado a R$ 4,0012 para compra e a R$ 4,0035 para venda.

 

Dólar Hoje

O dólar caiu 0,26% ante o real nesta terça-feira, 22 de março de 2016, negociado a R$ 3,6001 para compra e a R$ 3,6008 para venda. Ao longo do dia, a cotação da moeda norte-americana oscilou entre R$ 3,5795 (valor mínimo) e R$ 3,6422 (valor máximo).

 

Cenário Internacional

No cenário externo, o dia foi marcado por mais uma série de atentados com dezenas de mortos e feridos. Os alvos desta vez foram o Aeroporto Internacional de Zaventem e a estação de metrô Maelbeek, ambos em Bruxelas, na Bélgica. O Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelos ataques.

Duas explosões ocorreram no aeroporto e uma no metrô. Pelo menos uma delas foi provocada por um homem-bomba, segundo procuradoria local. Uma testemunha que trabalha no setor de bagagens do aeroporto disse ter ouvido um homem gritar em árabe pouco antes da explosão. A estação Maelbeek fica perto de um bairro onde parte das representações da União Europeia está sediada.

As explosões ocorreram quatro dias após a prisão, em Bruxelas, de Salah Abdeslam, principal suspeito pelos ataques de Paris em novembro.

Desde o início da semana passada, a polícia belga faz buscas por suspeitos de terem participado dos atentados de Paris que deixaram 130 mortos e mais de 200 feridos. Um suspeito foi morto após a invasão de um apartamento.

Na segunda-feira, a polícia divulgou a identidade de mais um suspeito de envolvimento com os ataques. Conhecido sob a falsa identidade de Soufiane Kayal, ele foi identificado como Najim Laachraoui, um homem de 24 anos.

 

Cenário Nacional

No cenário local, os investidores brasileiros continuaram atentos ao cenário político brasileiro.

Nesta tarde, a ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber negou o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que continua impedido de assumir como ministro da Casa Civil, e devolveu os processos contra Lula à Justiça Federal do Paraná. Ainda cabe recurso.

A decisão de Rosa Weber foi a segunda contrária ao ex-presidente. Mais cedo, o ministro Luiz Fux também negou outro pedido, movido pela AGU (Advocacia Geral da União).

Investidores têm reagido de acordo com o desenrolar da crise política. Para alguns, a troca de governo poderia resultar em maiores chances de recuperação da economia e o fim da crise política. Outros, porém, acreditam que o cenário de incertezas continuaria atrapalhando o reequilíbrio econômico, mesmo com a saída da presidente.

 

Banco Central

O Banco Central (BC) voltou a vender nesta manhã dez mil contratos de swaps reversos de um lote de até 14,5 mil swaps reversos, oferta equivalente ao número de contratos não vendidos no leilão de até 20 mil contratos na véspera. Os contratos colocados nesta sessão têm vencimento em 1º de julho de 2016, assim como na operação do dia anterior, mas a data de início foi adiantada para 23 de março, de 1º de abril anteriormente.

A venda parcial dos swaps reversos foi entendida pelos investidores como um sinal de que a força vendedora de dólar está forte, fazendo com que o BC tivesse que intervir para manter a cotação da moeda norte-americana em um patamar confortável para a balança comercial do país.

Operações de swaps reversos equivalem à venda futura de dólares.

Na parte da manhã, o Banco Central (BC) também promoveu mais um leilão de rolagem dos swaps cambiais com vencimento em abril, vendendo a oferta total de 3,6 mil contratos. Ao todo, o BC já rolou US$ 6,527 bilhões, ou cerca de 64,67% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

Citando o cenário externo mais tranquilo, o BC anunciou na última quinta-feira que, a partir do dia 18 de março, reduziria a rolagem de swaps cambiais. A decisão veio após decisão do Fed e à menor demanda por swaps com o atual patamar do câmbio. Analistas cambiais entendem que a decisão tem como fim reduzir o estoque de swaps, equivalente a cerca de US$ 110 bilhões. Essas operações tendem a gerar custos ao BC quando o dólar sobe e contribuíram para elevar a dívida bruta e o déficit nominal no ano passado.

Com a redução na venda de swaps, o BC deve vender, até o fim do mês, perto de 75% do lote total inicial, com vencimento em abril, equivalente a US$ 10,092 bilhões.

Por meio dos contratos de swap cambial, o BC realiza uma operação financeira que equivale à uma venda de moeda no mercado futuro (derivativos), o que reduz a pressão sobre a alta dessa moeda.

Os swaps são contratos para troca de riscos: o BC oferece um contrato de venda de dólares, com data de encerramento definida, mas não entrega a moeda norte-americana. No vencimento desses contratos, o investidor se compromete a pagar uma taxa de juros sobre o valor deles e recebe do BC a variação do dólar no mesmo período.

Esses contratos servem também para proteger os agentes que têm dívida em moeda estrangeira – neste caso, quando o dólar sobe, eles recebem do BC o valor dessa variação.

 

Variação da Cotação do Dólar Comercial em 22 de Março de 2016

Hora Compra Venda Variação Variação Máximo Mínimo
16:59:00 3,6001 3,6008 -0,26% -0,0095 3,6422 3,5795
16:49:00 3,5895 3,5905 -0,55% -0,0198 3,6422 3,5795
16:39:00 3,5904 3,5919 -0,51% -0,0184 3,6422 3,5795
16:29:00 3,5908 3,5920 -0,51% -0,0183 3,6422 3,5795
16:19:00 3,5870 3,5894 -0,58% -0,0209 3,6422 3,5795
16:09:00 3,5845 3,5864 -0,66% -0,0239 3,6422 3,5795
15:59:00 3,5853 3,5860 -0,67% -0,0243 3,6422 3,5795
15:49:00 3,5850 3,5857 -0,68% -0,0246 3,6422 3,5795
15:39:00 3,5861 3,5868 -0,65% -0,0235 3,6422 3,5795
15:29:00 3,5903 3,5923 -0,50% -0,0180 3,6422 3,5795
15:19:00 3,5827 3,5850 -0,70% -0,0253 3,6422 3,5795
15:09:00 3,5859 3,5870 -0,65% -0,0233 3,6422 3,5795
14:59:00 3,5831 3,5843 -0,72% -0,0260 3,6422 3,5795
14:49:00 3,5838 3,5858 -0,68% -0,0245 3,6422 3,5795
14:39:00 3,5860 3,5879 -0,62% -0,0224 3,6422 3,5795
14:29:00 3,5883 3,5898 -0,57% -0,0205 3,6422 3,5795
14:19:00 3,5883 3,5903 -0,55% -0,0200 3,6422 3,5795
14:09:00 3,5879 3,5891 -0,59% -0,0212 3,6422 3,5795
14:00:00 3,5835 3,5848 -0,71% -0,0255 3,6422 3,5795
13:50:00 3,5795 3,5814 -0,80% -0,0289 3,6422 3,5795
13:39:00 3,5948 3,5962 -0,39% -0,0141 3,6422 3,5880
13:29:00 3,5955 3,5963 -0,39% -0,0140 3,6422 3,5880
13:19:00 3,5918 3,5942 -0,45% -0,0161 3,6422 3,5880
13:09:00 3,5930 3,5942 -0,45% -0,0161 3,6422 3,5880
12:59:00 3,5880 3,5892 -0,58% -0,0211 3,6422 3,5880
12:49:00 3,5920 3,5930 -0,48% -0,0173 3,6422 3,5920
12:39:00 3,6034 3,6041 -0,17% -0,0062 3,6422 3,6029
12:29:00 3,6038 3,6062 -0,11% -0,0041 3,6422 3,6029
12:19:00 3,6029 3,6040 -0,18% -0,0063 3,6422 3,6029
12:09:00 3,6073 3,6085 -0,05% -0,0018 3,6422 3,6073
12:00:00 3,6149 3,6160 0,16% 0,0057 3,6422 3,6125
11:49:00 3,6125 3,6136 0,09% 0,0033 3,6422 3,6125
11:39:00 3,6149 3,6156 0,15% 0,0053 3,6422 3,6143
11:29:00 3,6214 3,6226 0,34% 0,0123 3,6422 3,6143
11:19:00 3,6299 3,6311 0,58% 0,0208 3,6422 3,6143
11:09:00 3,6264 3,6276 0,48% 0,0173 3,6422 3,6143
10:59:00 3,6239 3,6246 0,40% 0,0143 3,6422 3,6143
10:49:00 3,6260 3,6265 0,45% 0,0162 3,6422 3,6143
10:39:00 3,6217 3,6236 0,37% 0,0133 3,6422 3,6143
10:29:00 3,6195 3,6208 0,29% 0,0105 3,6422 3,6143
10:19:00 3,6182 3,6196 0,26% 0,0093 3,6422 3,6143
10:09:00 3,6143 3,6155 0,14% 0,0052 3,6422 3,6143
10:00:00 3,6174 3,6179 0,21% 0,0076 3,6422 3,6174
09:49:00 3,6337 3,6343 0,67% 0,0240 3,6422 3,6288
09:39:00 3,6338 3,6349 0,68% 0,0246 3,6422 3,6288
09:29:00 3,6288 3,6308 0,57% 0,0205 3,6422 3,6288
09:20:00 3,6422 3,6432 0,91% 0,0329 3,6422 3,6416
09:09:00 3,6416 3,6423 0,89% 0,0320 3,6416 3,6416

 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.