Ibovespa sobe 5%, fica perto de 50 mil pontos e dólar cai para R$ 3,71 com Lula

LinkedIn

Os mercados reagiram com euforia à notícia de que a Polícia Federal fez uma operação na casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de familiares e suas empresas. O Índice Bovespa subia 5%, para 49.574 pontos, com papéis de bancos e estatais disparando. Já o dólar comercial recuava 2,3%, para R$ 3,716, e os juros longos caíam abaixo de 15% pela primeira vez em vários meses.

A aposta do mercado é que a ação, que investiga o recebimento de vantagens pelo ex-presidente de empresas ligadas ao escândalo da Operação Lava Jato, deve desestabilizar ainda mais o governo da presidente Dilma Rousseff, além de reduzir as chances eleitorais de Lula em 2018.

Consultores avaliam que aumentaram as chances de Dilma sair do poder, por um impeachment ou por irregularidades na eleição passada. Diante disso, haveria espaço para um governo com mais poder político para aprovar reformas e um ajuste fiscal para reequilibrar a confiança no país e  melhorar o cenário econômico.

BB sobe 15% e Petrobras, 16%

Entre os destaques, as ações ordinárias (ON, com voto) do Banco do Brasil subiam 15%, Petrobras PN (papel preferencial, sem voto), 16% e a ON, 12%. Vale ON subia 9,5% e o papel PNA, 8,5%. As ações dos bancos, com forte peso no índice, também disparavam, com Itaú Unibanco PN em alta de 6,7% e Bradesco PN, 8%.

Dólar e juros

No mercado de câmbio, o dólar turismo estava estável, a R$ 4,05, mas também deve ceder, acompanhando o comercial.

Já no mercado de juros, as taxas curtas caíam acentuadamente, com o contrato para janeiro de 2017 projetando 13,98%, ante 14,045% de ontem. Para 2018, a projeção caiu para 14,14% (14,26% ontem), para 2019, 14,50% (era 14,73% ontem e, para 2021, 14,54%,ante 14,99% ontem.

Deixe um comentário