Semanário Bovespa: Ibovespa sobe 18,01% na nona semana de 2016

LinkedIn

O mercado de ações brasileiro pegou fogo ao longo da nona semana de 2016. Foram 18,01% de alta do principal índice de ações do Brasil, embalada por novos estímulos à economia adotados pelo Banco Central da China, a suposta delação premiada de Delcídio do Amaral e a detenção do ex-presidente Lula para depor na vigésima-quarta fase da Operação Lava Jato. Foi o maior salto semanal do Ibovespa desde 31 de outubro de 2008, quando o indicador subiu 18,34%. Nesta sexta-feira, o Ibovespa encerrou o pregão cotado aos 49.084,87 pontos.

Em 2016, após quarenta e dois pregões, o Ibovespa acumula uma valorização de 13,23%. No ultimo pregão de 2015, o principal índice acionário do pais fechara cotado 43.349,96 em pontos. São vinte e um pregões de alta contra vinte de baixa ao longo do ano.

Em março, após quatro pregões, o índice de ações acumula uma alta de 14,70%. São quatro pregões de alta contra nenhum de baixa ao longo do terceiro mês do ano. No pregão do dia 29 de fevereiro, o indicador encerrara o dia cotado em 42.793,86 pontos.

 

Variação diária do Ibovespa na nona semana de 2016

Data Cotação Variação % Variação Mínimo Máximo Volume
04/03/16 49.084,87 1.891,48 4,01% 47.193,68 50.023,75 10.602.350
03/03/16 47.193,39 2.299,91 5,12% 44.900,39 47.374,52 9.310.270
02/03/16 44.893,48 771,69 1,75% 43.841,19 44.982,91 5.164.460
01/03/16 44.121,79 1.327,93 3,10% 42.795,18 44.181,29 4.752.706
29/02/16 42.793,86 1.200,78 2,89% 41.599,44 43.052,61 4.611.937

 

Fechamento do Ibovespa na segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016

O principal índice da bolsa de valores brasileira fechou esta segunda-feira em forte alta, encerrando uma sequência de quatro quedas seguidas. Alem disso, após três meses de perdas, o Ibovespa encerrou fevereiro com valorização de 5,91%, maior alta mensal desde abril do ano passado (+9,93%). No ano, porém, ainda acumula perda. A alta de hoje foi puxada pelo desempenho positivo da maioria das ações listadas no Ibovespa. Das 61 ações que compõem o índice, apenas duas terminaram o dia no vermelho.

Ibovespa subiu forte nesta segunda-feira, encerrando o segundo mês de 2016 com quase seis por cento de alta

 

Fechamento do Ibovespa na terça-feira, 01 de Março de 2016

O Ibovespa subiu forte pelo segundo dia consecutivo nesta terça-feira, primeiro pregão de março. Foi a primeira vez no ano que o principal índice de ações brasileiro performa bem acima do fechamento do ano anterior. Até então, tinham sido dois meses de grande sofrimento para os investidores brasileiros. Hoje, o indicador subiu reagindo às medidas consistentes de estímulo econômico adotadas na véspera pelo Banco Central da China, que fez os preços das commodities subirem forte, incluindo aí o preço do barril de petróleo.

China e Petróleo fazem Ibovespa subir forte no primeiro pregão de Março

 

Fechamento do Ibovespa na quarta-feira, 02 de Março de 2016

O principal índice de ações da BM&FBOVESPA encerrou esta quarta-feira com mais uma alta categórica, a terceira consecutiva. Isso fez com que o Ibovespa atingisse o maior patamar no ano. Após operar com instabilidade pela manhã, o principal indicador do mercado acionário brasileiro firmou-se firmou-se na parte da tarde, em meio a um quadro externo ainda sem uma tendência definida e com as cenas corporativa e política dividindo as atenções.

Ibovespa emplaca terceira alta consecutiva, atingindo seu maior patamar em 2016

 

Fechamento do Ibovespa na quinta-feira, 03 de Março de 2016

Hoje o dia foi de festa no mercado brasileiro de ações. Embalados pela suposta delação premiada de Delcidio do Amaral, ex-líder do PT no Senado, os investidores foram às compras, fazendo com que muitas ações registrassem alta recorde em 2016. No caso da Petrobras, as ações da estatal não tinham uma alta tão forte desde 1999. É o investidor brasileiro vivenciando seu sonho de uma pestana de verão, embalados pelo forte aumento na probabilidade de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Com isso, não teve Copom ou PIB que pudessem impedir o principal índice de ações brasileiro disparar pela quarto dia consecutivo. Hoje, seguramente, podemos afirmar: nunca antes na história deste ano, o Ibovespa esteve tão feliz. Safadezas a parte, muito obrigado Delcidio!

Delcidio contagiou os investidores, que contagiaram as ações, que contagiaram o Ibovespa

 

Fechamento do Ibovespa na sexta-feira, 04 de Março de 2016

Quando todos esperavam que esta sexta-feira seria um dia de mais repercussão sobre a suposta delação premiada de Delcídio do Amaral, fato dominante do noticiário e das movimentações do mercado financeiro na véspera, a Operação Lava Jato surpreendeu a todos novamente: foi deflagrada a vigésima-quarta fase das investigações sobre os esquemas de corrupção na Petrobras, que implicam definitivamente o ex-presidente Lula. Isso concentrou todas as atenções dos investidores, fazendo com que o Ibovespa atingisse seu maior patamar desde 09 de outubro de 2015, quando o principal índice de ações do país encerrou o pregão cotado em 49.338 pontos. Foi a quinta alta consecutiva do indicador.

Detenção de Lula nesta sexta-feira incendeia o mercado, fazendo o Ibovespa atingir seu maior patamar nos últimos seis meses

Deixe um comentário