A importância da Holding nas Fusões e Aquisições

LinkedIn

Nessa semana ocorreu uma das aquisições mais importantes do ano no mercado brasileiro, mais especificamente no setor de distribuição de combustíveis. A Ipiranga Produtos de Petróleo S/A adquiriu outra gigante do mesmo ramo: a AleSat Combustíveis S/A, detentora da rede Ale de distribuição.

Importante salientar que, fora os significativos recursos que foram aportados na aquisição, a eficiência da operação se dá também pela estruturação societária da compradora que favorece a injeção de capital e aquisição das concorrentes no mercado. A própria Ipiranga é subsidiária de uma sociedade de participações, o Grupo Ultrapar.

A Ultrapar é uma holding cujo capital está aberto na bolsa de valores, e, por isso, além de deter diversas empresas operacionais (como a Ipiranga e, agora, a Ale) recebeu financiamento por meio de investidores que compraram participação no seu capital. E com toda certeza esse investimento recebido é importantíssimo para todas as operações realizadas pelo grupo desde a sua abertura, incluindo a aquisição dessa semana.

A utilização de uma empresa majoritária, nesse caso, traz diversos benefícios: é muito mais eficaz abrir o capital de uma empresa controladora no qual os acionistas irão decidir de maneira segmentada as operações de expansão de negócios da empresa, a que, por exemplo, o Grupo Ultrapar abrir o capital das empresas operacionais, como a Ipiranga, no qual ocorre a operação de fato no setor de atuação da atividade econômica. Dessa forma, as empresas operacionais ficam preservadas no seu objeto, enquanto a holding é o ambiente que se discute e se materializa as questões e decisões de posicionamento e crescimento.

Além disso, é visível a facilidade e flexibilidade fornecida pela ferramenta mencionada, para que, a partir de uma holding, se controle suas subsidiárias e, desse modo, concentrar e centralizar no bojo de uma única sociedade as decisões  e orientações em relação às empresas controladas.

Bruna Cavaletti – Assessora de Imprensa
assessoria.imprensa@grupostudio.com.br

https://www.linkedin.com/company/studio-brokers

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.