Abril/2016 - Setor de serviços registra queda de -4,5% no mês, configurando o pior mês de abril da série histórica

LinkedIn

Em abril, o volume do setor de serviços do país recuou 4,5% frente ao mesmo período do ano passado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta quarta-feira (15). Foi a 13ª queda consecutiva e a maior para o mês desde o início da pesquisa, em 2012.

Em abril, setor de Serviços recua (-4,5%)

Período Volume Receita Nominal
Abril 2016 / Abril 2015
-4,5%
0,4%
Acumulado em 2016
-4,9%
0,5%
Acumulado em 12 meses
-4,6%
0,6%

Em abril, o volume do setor de serviços do país recuou (-4,5%) em relação a abril de 2015. Em março (-5,9%) e em fevereiro (-3,9%) também houve quedas, nessa comparação. Houve variações negativas em todos os segmentos do setor: Serviços prestados às famílias (-3,0%); Serviços de informação e comunicação (-3,0%); Serviços profissionais, administrativos e complementares (-5,4%); Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (-6,5%) e Outros serviços (-3,3%). A taxa acumulada no ano ficou em -4,9% e em 12 meses, -4,6%. O agregado especial das Atividades turísticas registrou retração (-3,6%), com retração também (-2,3%) em março e crescimento de 1,3% em fevereiro.

Fonte: IBGE

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.