Dollar Week: Dólar caiu 0,30% na terceira semana de Junho de 2016

LinkedIn

Ao longo da vigésima quarta semana de 2016 (terceira semana de junho), o preço do dólar negociado no Brasil acumulou uma leve desvalorização de 0,30% ante o real. Foi a décima terceira variação semanal negativa da moeda norte-americana no ano. Nos últimos cinco pregões, foram três pregões de baixa contra dois de alta.

O dólar encerrou o último pregão da semana negociado a R$ 3,4196 para compra e a R$ 3,4203 para venda.

No mês junho, após treze pregões, a moeda norte-americana acumula uma desvalorização de 5,32%. São nove pregões de baixa contra quatro de alta. No último pregão de maio, o dólar fechou cotado a R$ 3,6118 para compra e a R$ 3,6123 para venda.

Em 2016, após cento e quinze pregões, o dólar acumula uma queda de 13,37% ante o real. São cinquenta e um pregões de alta contra sessenta e quatro de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

 

Variação diária do dólar na vigésima quarta semana de 2016

Data Compra Venda Variação % Variação
17/06/16 3,4196 3,4203 -1,43% -0,0497
16/06/16 3,4680 3,4700 0,10% 0,0035
15/06/16 3,4650 3,4665 -0,39% -0,0135
14/06/16 3,4786 3,4800 -0,19% -0,0067
13/06/16 3,4857 3,4867 1,62% 0,0557

 

O dólar em 13 de Junho de 2016, segunda-feira

O preço do dólar encerrou o pregão desta segunda-feira em forte alta, a terceira consecutiva. O clima foi de muita cautela entre os investidores, especialmente em relação ao cenário externo. Nesta semana, teremos reunião do Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos), que deliberará mais uma vez sobre o aumento da taxa básica de juros nos Estados Unidos. Além disso, os investidores também vêm demonstrando bastante preocupação com a possibilidade de o Reino Unido deixar a União Europeia. O referendo sobre o possível British Exit (Brexit) ocorrerá no próximo dia 23.

Dólar dispara nesta segunda-feira, com investidores de olho em reunião do Fed e em referendo sobre Brexit

 

O dólar em 14 de Junho de 2016, terça-feira

O dólar chegou a ser negociado a R$ 3,51 na parte da manhã, mas perdeu força ao longo do dia e acabou terminando o pregão desta terça-feira em leve queda, interrompendo uma sequência de três altas consecutivas, em mais um dia em que as preocupações com os eventos que ocorrerão no cenário internacional nos próximos dias fizeram com que os investidores fugissem das aplicações de renda variável.

Dólar volta a cair nesta terça-feira, após três pregões seguidos de alta

 

O dólar em 15 de Junho de 2016, quarta-feira

O preço do dólar encerrou o pregão desta quarta-feira em queda, num dia marcado pelo anúncio da proposta de prazo de 20 anos para a regra de limite do crescimento dos gastos do governo e pela decisão do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, sobre a manutenção da taxa básica de juros nos Estados Unidos. Foi o segundo dia consecutivo de desvalorização da moeda norte-americana.

Dólar emplaca segunda queda consecutiva nesta quarta-feira, dia de reunião do Federal Reserve

 

O dólar em 16 de Junho de 2016, quinta-feira

O preço do dólar ante o real fechou um pouco acima da estabilidade nesta quinta-feira, em um pregão marcado pelo baixo volume de negócios e pelo mau humor no mercado internacional. Na parte da manhã, a moeda norte-americana chegou a subir forte diante de preocupações com a  possibilidade de o Reino Unido deixar a zona do euro. O referendo de 23 de junho sobre o tema vem assustando os investidores, que evitavam ativos de maior risco com medo de impactos adversos sobre a economia global.

Dólar fecha praticamente estável nesta quinta-feira, num pregão marcado pelo baixo volume de negócios

 

O dólar em 17 de Junho de 2016, sexta-feira

A cotação do dólar encerrou em baixa o pregão desta sexta-feira, à medida que cresce a expectativa dos investidores de que a possibilidade do Reino Unido deixar a União Europeia (UE) perdeu força. Também contribuiu para o otimismo do mercado financeiro a alta nos preços do petróleo no mercado internacional.

Dólar desaba nesta sexta-feira, reagindo à perda de força do Brexit

Deixe um comentário