Ibovespa vira e avança quase 2%; Estácio ganha 24% com possível venda para a Kroton

LinkedIn

Num dia de forte virada no mercado acionário, o Índice Bovespa subiu 1,78%, para 49.887 pontos, depois de amargar queda pela manhã e leve avanço no período da tarde. O volume financeiro do pregão somou R$ 5,8 bilhões, menor que a média anual diária de R$ 7,2 bilhões.

Os papéis preferenciais (PN, sem voto) do Itaú Unibanco, o maior peso do indicador, avançou 1,12%, Bradesco PN (BOV:BBDC4), 3,14%, as ações ordinárias (ON, com voto) do Banco do Brasil, 1,99%, e as units (recibos de ações) do Santander, 1,81%. Os bancos brasileiros tiveram suas indicações rebaixadas pelo HSBC. O banco considera que, enquanto há um renovado otimismo sobre mudanças políticas com a gestão do presidente interino Michel Temer, há tendências negativas para o setor, com perspectiva lenta de recuperação.

Com a recuperação do petróleo lá fora, Petrobras ON (BOV:PETR3) e PNA ganharam 2,79% e 2,69%, respectivamente. No mesmo sentido, Vale ON (BOV:VALE3) teve alta de 3,60% e Vale PNA (BOV:VALE5) de 3,35%.

No quadro político, em mais uma reunião tumultuada, a Comissão Processante do Impeachment no Senado discutiu a segunda etapa do processo contra a presidente afastada Dilma Rousseff. A decisão pode sair em julho. Além disso, os deputados aprovaram a proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 31 de dezembro de 2023. A PEC eleva de 20% para 30% o percentual que pode ser remanejado da receita de todos os impostos e contribuições sociais federais. Na área econômica, o nível de atividade da indústria brasileira voltou a cair em abril, com utilização de 76,9% da capacidade instalada, menor nível da série histórica iniciada em 2002

Estácio ganha 24% com Kroton e TIM cai 1%

Os maiores avanços do Ibovespa foram liderados por Estácio ON, 23,74%, acompanhada por Kroton ON (BOV:KROT3), 13,56%, CSN ON, 3,91%, e Cesp PNB (BOV:CESP6), 5,21%. Os dois grupos educacionais subiram forte com a notícia de que a Kroton estuda ?internamente e de forma sigilosa? a compra da sua concorrente Estácio. Do lado negativo, as piores perdas do índice ficaram com TIM ON, 1,14%, JBS ON, 0,87%, Weg ON (BOV:WEGE3), 0,81%, e Marfrig ON (BOV:MRFG3), 0,80%.

EUA sobem, Europa perde com BCE e petróleo tem leve recuperação

Nos Estados Unidos, os pedidos iniciais de auxílio-desemprego recuaram em mil na semana passada, para 267 mil benefícios. O setor privado, por sua vez, divulgou a criação de 173 mil vagas de emprego em maio, abaixo das esperadas 175 mil. Apesar da fragilidade dos indicadores, o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de Dallas, Robert Kaplan, defendeu mais cedo uma alta dos juros já em junho ou julho. Para ele, o mercado de trabalho americano está próximo do pleno emprego. Kaplan não vota este ano. O Dow Jones registrou ganhos de 0,27%, o S&P 500, 0,28%, e o índice da Nasdaq, 0,39%.

Os investidores europeus repercutiram a decisão do Banco Central Europeu (BCE) de manter suas taxas de juros em mínimas recordes. O Stoxx 50, dos 50 papéis mais líquidos da zona do euro, caiu 0,16%, seguido pelo britânico Financial Times, 0,10%, e pelo francês CAC, 0,21%. Na contramão, o alemão DAX subiu 0,03%.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) nomeou hoje o nigeriano Mohammed Barkindo como seu novo secretário-geral, após quase uma década sem mudanças no cargo. A entidade, no entanto, não fechou nenhum acordo sobre um teto para a produção da commodity. Ainda assim, a notícia foi suficiente para recuperar os preços da matéria-prima, que recuou mais de 1% pela manhã. O barril do tipo WTI, negociado em Nova York, teve leve perda de 0,04%, para US$ 48,99, e o Brent, de Londres, ganhou 0,32%, para US$ 49,88.

Juros fecham em trajetórias mistas; dólar volta aos R$ 3,59

Os juros futuros com vencimento em janeiro de 2017 ficaram estáveis em 13,25% ao ano, enquanto as projeções válidas até 2018 caíram de 12,71% para 12,63%. Finalmente, 2021 também manteve suas taxas a 12,78%. O dólar comercial avançou 0,05%, sendo vendido por 3,59, já o dólar turismo caiu 0,26%, para R$ 3,72 na venda.

O cenário político atual, aliado à inflação corrente mais pressionada e aos persistentes desempenhos ruins da economia brasileira, levam a uma perspectiva de que o Banco Central (BC) deve cortar os juros básicos, mas não no curtíssimo prazo. A expectativa para a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será realizada na próxima semana, é de que seja mantida a taxa Selic economia em 14,25%. Mas um corte no segundo semestre é dado como certo, e as apostas estão em agosto.

Deixe um comentário