IPCA: Salvador foi a metrópole brasileira que apresentou maior crescimento da inflação mensal em Julho

LinkedIn

Salvador foi a capital brasileira que apresentou maior crescimento médio nos preços dos produtos e serviços pesquisados em julho de 2016 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o cálculo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA), considerado o indicador de inflação oficial do Brasil. Os preços na capital da Bahia subiram em média 0,92% no sétimo mês do ano, em comparação com o mês anterior.

O IPCA de Salvador foi pressionado pela litro da gasolina, que aumentou 4,86%, e o do etanol, que subiu 4,41%.

O menor índice foi registrado em Curitiba, com aumento de 0,10%, sob influência da queda de 11,17% no item energia elétrica, que refletiu a redução de 13,83% nas tarifas em vigor a partir de 24 de junho.

Clique aqui e saiba mais detalhes sobre o IPCA de julho de 2016.

 

Variação mensal de todas as capitais que participam da pesquisa de preços do IPCA

Confira abaixo a variação mensal, a variação acumulada anual e a variação acumulada nos últimos doze meses dos preços médios dos produtos e serviços aferidos em todas as treze capitais que participaram da pesquisa do IBGE para o cálculo do IPCA de julho de 2016.

  Mês (%) Ano (%) 12 Meses (%)
Rio de Janeiro 0,50 4,99 8,75
Porto Alegre 0,57 5,74 9,41
Belo Horizonte 0,63 5,57 8,23
RecIfe 0,79 5,37 8,57
São Paulo 0,33 4,61 8,51
Brasília 0,53 3,31 7,71
Belém 0,73 5,59 10,04
Fortaleza 0,65 6,10 10,78
Salvador 0,92 5,79 9,45
Curitiba 0,10 3,75 7,83
Goiânia 0,81 4,65 9,25
Vitória 0,57 3,77 7,92
Campo Grande 0,74 5,07 8,64
Total 0,52 4,96 8,74

 

Deixe um comentário