Fluxo cambial brasileiro acumulou déficit de US$ 337 milhões na primeira semana de Setembro

LinkedIn

O Brasil recebeu menos dólares do que enviou para o exterior na primeira semana de Setembro de 2016, composta por dois dias úteis. Dados do Banco Central revelam que o saldo do fluxo cambial ficou negativo em US$ 337 milhões entre os dias 01 e 02 de Setembro.

No período, o fluxo de dólares transacionado pelo canal financeiro ficou negativo em US$ 636 milhões, fruto de entradas no valor de US$ 1,859 bilhão e de saídas totalizando US$ 2,495 bilhões.

Já no comércio exterior, o saldo entre entradas e saídas no período ficou negativo em US$ 298 milhões, com importações no valor de US$ 751 milhões e exportações totalizando US$ 1,049 bilhão. Na soma das exportações, foram incluídos US$ 290 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 256 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 503 milhões em outras entradas.

 

Fluxo Cambial Acumulado no Mês

Considerando todos os valores parcialmente acumulados durante o mês de Setembro, o fluxo cambial encontra-se negativo US$ 337 milhões. Saiba mais!

 

Fluxo Cambial Acumulado no Ano

No período acumulado entre o primeiro dia útil do ano e o segundo dia útil de Setembro, o volume de saída de dólares supera o de entradas em US$ 10,559 bilhões. Saiba mais!

 

Cálculo do Fluxo Cambial

O cálculo do fluxo cambial brasileiro, saldo entre a entrada e a saída de dólares do país, é composto por dois tipos de contas: a conta comercial, na qual são fechados os contratos de câmbio para operações de exportação e importação, e a conta financeira, que inclui as demais operações de câmbio, como os investimentos estrangeiros diretos, os recursos para aplicações financeiras, as remessas de lucros e dividendos e os empréstimos tomados no exterior.

 

Deixe um comentário