Ibovespa fecha praticamente estável e dólar sobe para R$ 3,283; JBS cai 10%

LinkedIn

O Índice Bovespa encerrou o dia praticamente estável, com queda de 0,08%, aos 59.566 pontos. Com o feriado do Dia do Trabalho nos EUA, o volume foi quase metade da média do ano, R$ 3,687 bilhões.

As maiores altas do Ibovespa foram lideradas por Petrobras ON (BOV:PETR3), com 2,88% de ganho, seguida por Petrobras PN (BOV:PETR4), 1,92%, Gerdau PN (BOV:GGBR4), 1,80% e Embraer ON (BOV:EMBR3), 1,46%. As maiores quedas foram lideradas por JBS ON (BOV:JBSS3), com 10,04% de perda, reflexo do anúncio das investigações da Operação Greenfield da Polícia Federal, sobre desvios em fundos de pensão. A operação, anunciada hoje, incluiu a condução de Wesley Batista, um dos donos da JBS, para depor na PF. O irmão de Wesley, Joesley Batista, outro dono da empresa, está viajando, mas deve depor quando voltar. Também entre as maiores quedas estavam Vale PNA (BOV:VALE5), 2,39%, Bradespar (BOV:BRAP4), 2,31%, e Vale ON (BOV:VALE3), 1,86%.

O mercado brasileiro acompanhou as bolsas na Europa, que fecharam em ligeira queda também, com o índice regional Stoxx 50 perdendo 0,07%. O Índice Financial Times, de Londres, perdeu 0,22%, o DAX, de Frankfurt, 0,11% e o CAC, de Paris, 0,02%. Já o petróleo fechou em alta, de 1,64% o tipo WTI, a US$ 45,17 o barril, e o Brent, de Londres, 1,71% de ganho, a US$ 47,63 o barril.

No mercado de câmbio, o dólar comercial terminou o dia em alta de 0,92%, vendido a R$ 3,283. Já o dólar turismo subiu 0,58%, para R$ 3,41. O BC vendeu mais 10 mil contratos de swap reverso, que equivalem à compra de dólares, no valor de US$ 500 milhões.

Os juros mais longos subiram no mercado futuro da BM&FBovespa. Os contratos para janeiro de 2017 passaram de 13,955% na sexta-feira para 13,960% hoje. Para janeiro de 2018, a taxa ficou estável em 12,54%. Para 2021, a taxa subiu de 11,91% para 11,94% ao ano.

 

 

 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.