Consulte a Bússola de Investimentos ADVFN desta quarta-feira, dia 04

LinkedIn

• As ações da Petrobras (BOV:PETR4) dispararam ontem, chegando ao pódio das maiores valorizações do índice Ibovespa (ON, +6,3% e PN, 5,7%), mas grande parte dos analistas não sabe explicar o motivo de tamanhos ganhos no dia. Nenhum fato relevante foi publicado pela companhia durante o pregão de ontem que pudesse justificar tal disparada. No entanto, circulam rumores pelo mercado de que a Petrobras esteja preparando um novo reajuste no preço dos combustíveis. No final do ano passado, a companhia publicou a nova política de precificação da gasolina e do diesel nas refinarias, contando com o preço de importação desses derivados, adicionando uma margem de risco e tributos. Esse processo seria revisto mensalmente para definição dos preços praticados no mercado nacional, com o último reajuste ocorrido no início de dezembro passado.

• A Vale (BOV:VALE3) (BOV:VALE5) afirmou que a Samarco ainda não obteve a anuência junto aos órgãos governamentais para a retomada das suas operações. A companhia avalia que, considerando a complexidade e o andamento atual do processo de licenciamento, ainda não é possível estimar com segurança razoável a data para a sua conclusão.

• Dentro de sua estratégia de negócios, a Iochpe-Maxion (BOV:MYPK3) vem mantendo tratativas com os demais acionistas das suas joint ventures do setor ferroviário Amsted-Maxion Fundição e Equipamentos Ferroviários e Amsted-Maxion Equipamentos e Serviços Ferroviários, visando principalmente a uma possível nova capitalização nessas companhias por um dos demais atuais acionistas.

• De acordo com a coluna do Broad, do jornal O Estado de S. Paulo, o Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) analisa a possibilidade de abrir a sua plataforma de investimentos, o que significa oferecer a seus clientes produtos de outras casas, como Certificado de Depósito Bancário (CDB) e fundos de investimento. Contudo, a coluna informa que há um dilema. De um lado, teria mais força para manter os investimentos dos correntistas de alta renda dentro de casa, quando grandes bancos travam forte disputa por este público. Do outro, a abertura colocaria ponto final em taxas de administração mais altas.

• A Braskem (BOV:BRKM5) não negou, nem confirmou que busca levantar US$ 500 milhões com emissão no exterior conforme reportagem do jornal O Estado de S.Paulo. A companhia apenas afirmou que acompanha constantemente os mercados de capitais local e internacional e suas oportunidades de acesso para financiamento, refinanciamento e alongamento de seu perfil de endividamento.

• O conselho de administração do Banco Pine (BOV:PINE4) aprovou, por unanimidade, o não pagamento de juros sobre o capital próprio ou dividendos aos acionistas referentes ao quarto trimestre de 2016.

• O Credit Suisse elevou as ações da Arezzo (BOV:ARZZ3) de neutro para outperform, de olho no valuation da companhia. Os analistas apontam que a empresa sofreu bastante desde meados de outubro do ano passado e as acoes caíram quase 20% desde o pico registrado em 20 de outubro.O resultado do terceiro trimestre, de acordo com os analistas, foi decente e “acreditamos que a Arezzo é a empresa mais bem posicionada dentro da industria de calçados e acessórios”, avaliam. De acordo com o Credit, a companhia o parece estar colhendo os frutos de várias inciativas que foram implementadas nos últimos anos e tem conseguido ganhar participação de mercado.

• As reservas confirmadas da CVC (BOV:CVCB3) totalizaram R$ 1,49 bilhão no quarto trimestre de 2016 e R$ 5,54 bilhões em 2016, representando crescimento de 13,4% e 6,5%, respectivamente, na comparação anual. Segundo a companhia, o crescimento das reservas confirmadas no último trimestre foi ocasionado principalmente pelo forte crescimento das vendas nas mesmas lojas e pela recuperação do segmento internacional.

• Em comunicado ao mercado, a Renova (BOV:RNEW11) esclareceu que tem avaliado diversas opções para reduzir seu endividamento e adequar seu plano de negócios, dentre as quais a venda de ativos ou a entrada de novos sócios na companhia, mas não existe qualquer decisão formal sobre os assuntos até o momento. A agência de notícias Reuters reporta que a companhia negocia a venda de uma usina à AES Brasil.

• Segundo informações do jornal Valor Econômico, depois de desistir de comprar 100% do banco Banif Brasil em agosto, o BTG Pactual (BOV:BBTG11) está em negociações para adquirir uma série de ativos da instituição financeira portuguesa. Na última terça-feira, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, sem restrições, a ‘potencial’ compra de pelo menos 36,19% das ações do capital votante da incorporadora LDI Desenvolvimento Imobiliário, da Banif.

• O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da FIPE encerrou o ano de 2016 com alta de 6,54%, desaceleração em relação ao ano anterior, quando marcou alta de 11,07%.

Bolsas mundiais
As bolsas mundiais registram um desempenho misto nesta quarta-feira. As bolsas europeias operavam em leves perdas, ainda digerindo os dados de inflação da zona do euro, que vieram levemente acima do esperado ao subir 1,1% em dezembro na comparação anual, o maior ritmo desde 2013. Já os mercados acionários da China subiram com a melhora da liquidez nos mercados monetários e com a moderação nas taxas de juros elevando a confiança do mercado, enquanto o índice japonês Nikkei atingiu o nível mais alto em 13 meses.

Em seu primeiro dia de operação do ano, o índice Nikkei do Japão subiu 2,51%, registrando os maiores ganhos em cerca de dois meses e fechando no nível mais alto desde o início de dezembro de 2015. O índice foi impulsionado por dados que mostraram que a atividade industrial do Japão expandiu no ritmo mais rápido em um ano e também pelo dólar forte.

Entre outros dados econômicos divulgados esta manhã, o índice PMI Composto final do IHS Markit para a zona do euro subiu a 54,4 em dezembro ante 53,9 em novembro, contra medição preliminar de 53,9 e no nível mais alto desde maio de 2011. Já entre as commodities, o petróleo tem uma sessão de recuperação após a queda da véspera, com expectativa para dado que pode mostrar queda de estoque nos EUA.

Desempenho dos principais índices:

* FTSE 100 (Reino Unido) +0,01%

* CAC-40 (França) -0,02%

*DAX (Alemanha) -0,18%

* Xangai (China) +0,76% (fechado)

*Hang Seng (Hong Kong) -0,07% (fechado)

*Petróleo brent +0,22%, a US$ 55,59 o barril

*Petróleo WTI +0,21%, a US$ 52,44 o barril

Noticiário político
Apesar do recesso parlamentar, o noticiário político é movimentado. Na noite da véspera, a consultoria de risco político Eurasia trouxe duas análises sobre o Brasil. A Eurasia destaca que o calendário de Rodrigo Maia (que deve disputar a reeleição à presidência na Câmara) prevendo aprovação da reforma da Previdência até final de março na Câmara e até final de junho no Senado é evidência de que liderança do governo considera aprovação rápida como melhor estratégia para reduzir risco do TSE encerrar o mandato de Michel Temer, diz Eurasia em relatório. A Eurasia mantém previsão de que aprovação da reforma na Câmara é mais provável de acontecer em abril ou maio; no Senado, ocorreria em agosto ou setembro. Vale destacar que o atual presidente da Câmara se encontrará com Temer hoje, às 11h.

Na véspera, o Palácio do Planalto publicou um vídeo com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, falando mais uma vez sobre o pacote de medidas microeconômicas anunciado pelo governo no fim do ano passado. Ele repetiu que as ações têm como objetivo tornar o País mais eficiente, mais produtivo e com maior disponibilidade de crédito. Dentre as medidas, Meirelles citou a centralização do registro de empresas por meio eletrônico e as ações para reduzir o custo financeiro para as pessoas que usam cartões de crédito. O ministro também elencou as ações para desburocratizar o comércio exterior.

A Eurasia trouxe também uma análise sobre o massacre em presídio em Manaus por conflito de facções. A consultoria apontou que esse conflito traz “risco significativo” de ter reflexos em outras penitenciárias de todo o país, agravando ainda mais uma crise aguda de segurança, justamente quando governos estaduais estão passando por crise fiscal. Tais dinâmicas sugerem que poderia aumentar a pressão política para administração Temer levar ajuda adicional aos governos estaduais para enfrentar uma crescente crise de segurança, acima e além do que a equipe econômica quer conceder.

Por fim, o mercado fica de olho nas expectativas de inflação, com os analistas esperando um possível reajuste da gasolina pela Petrobras. “Nossa expectativa para a dinâmica dos preços internacionais do petróleo e da taxa de câmbio sugere um aumento nos preços da gasolina no mercado doméstico em 2017”, afirma o Credit Suisse em relatório.

Deixe um comentário