Bovespa: Índice de ações do setor financeiro fecha em baixa de -2,09% nesta sexta-feira, 17 de março de 2017

Google+ LinkedIn

SÃO PAULO, 17 de março de 2017 (ADVNEWS) – O Índice de ações do setor bancário da BM&FBovespa fechou o pregão desta sexta-feira cotado em 7.113,90 pontos – uma desvalorização de -2,09% em relação ao pregão anterior.

Constituído pelas empresas de capital aberto mais significativas do setor de instituições financeiras do Brasil, o IFNC tem como objetivo mensurar o desempenho das empresas deste segmento.

Ao longo do dia, a cotação do índice oscilou pouco, registrando uma diferença de 214,02 pontos entre os valores mínimo (7.107,09) e máximo (7.321,11) obtidos pelo indicador.

No total, 28.675,00 negócios envolvendo as ações que compõem a carteira de ativos do Índice de Instituições Financeiras foram realizados durante o pregão, movimentando mais de 123.628.800 ações.

Com a desvalorização de hoje, o IFNC acumula uma alta de – nos últimos doze meses. No ano, o índice acumula uma alta de +11,72%.

Desempenho das principais ações componentes do Índice IFNC no pregão de 17 de março de 2017

Um total de 38.893,00 negócios foram realizados envolvendo as ações preferenciais e ordinárias do Bradesco – maior banco privado do país. Esses negócios envolveram a transação de 20.446.500 ações da empresa e a movimentação de R$ 1.300.949.455,50

* As ações ordinárias da Bradesco (BOV:BBDC3) fecharam cotadas em R$ 31,67 – uma desvalorização de -2,25%.

* As ações preferenciais da Bradesco (BOV:BBDC4) fecharam cotadas em R$ 31,52 – uma desvalorização de -3,08%.

Um total de 74.008,00 negócios foram realizados envolvendo as ações preferenciais e ordinárias do Itaú Unibanco Holding S/A – segundo maior instituição financeira do Brasil resultado da fusão dos tradicionais bancos Itaú e Unibanco em 2008. Esses negócios envolveram a transação de 39.721.800 ações da empresa e a movimentação de R$ 3.054.368.089,20

* As ações ordinárias do Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) fecharam cotadas em R$ 38,24 – uma desvalorização de -2,72%.

* As ações preferenciais da Itaú Unibanco (BOV:ITUB3) fecharam cotadas em R$ 33,88 – uma desvalorização de -1,28%.

Um total de 9.660,00 negócios foram realizados envolvendo as ações units e ordinárias do Banco Santander – maior instituição financeira estrangeira com atuação no mercado brasileiro.

* As ações ordinárias do Banco Santander (BOV:SANB3) fecharam cotadas em R$ 19,99 – uma valorização de +3,04%.

* As ações units do Banco Santander (BOV:SANB11) fecharam cotadas em R$ 31,15 – uma desvalorização de -1,89%.

Um total de 22.152,00 negócios foram realizados envolvendo as ações ordinárias do Banco do Brasil – principal banco público negociado no mercado de ações da BM&FBOVESPA. Esses negócios envolveram a transação de 11.259.700 ações da empresa e a movimentação de R$ 371.761.514,90

* As ações ordinárias do Banco do Brasil (BOV:BBAS3) fecharam cotadas em R$ 32,81 – uma desvalorização de -2,73%.

Principais destaques positivos e negativos do Mercado Bovespa no pregão de 17 de março de 2017

Dentre todos os ativos negociados no mercado de ações da Bovespa, 26,53% (91) abriram o pregão desta sexta-feira operando em alta. As maiores altas registradas no fechamento do pregão foram:

1) Valorização de +17,38% da ação ordinária GPC Part (BOV:GPCP3)
2) Valorização de +10,83% da ação ordinária Haga (BOV:HAGA3)
3) Valorização de +10,54% da ação ordinária Melhor SP (BOV:MSPA3)

Veja o ranking completo das maiores altas do Mercado Bovespa.

Dentre todos os ativos negociados no mercado de ações da Bovespa, 70,55% (242) abriram o pregão desta sexta-feira operando em baixa. As maiores baixas registradas no fechamento do pregão foram:

1) Desvalorização de -16,29% da ação ordinária Rodobensimob (BOV:RDNI3)
2) Desvalorização de -15,07% da ação ordinária Dufry (BOV:DAGB33)
3) Desvalorização de -14,38% da ação ordinária Unicasa (BOV:UCAS3)

Veja o ranking completo das maiores baixas do Mercado Bovespa.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Repórter ADVFN é o canal automatizado de informações da ADVFN Brasil, um dos principais veículos financeiros do país. Contém vídeos exclusivos sobre o dia a dia do mercado financeiro brasileiro, além de artigos inéditos produzidos por canais de comunicação parceiros.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.