Clima cauteloso na política e maior oferta de petróleo

LinkedIn

Mercados Globais

Hoje inicia-se o primeiro dia de reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC). Nos Estados Unidos, haverá o índice de preços ao produtor e produção industrial.

No Reino Unido, Theresa May recebeu o aval do Parlamento britânico para invocar o artigo 50, a fim de formalizar o início das negociações para a saída da União Europeia. Esta deve ser a etapa mais difícil para o Brexit, além disso, a primeira-ministra deve lidar com a Escócia, que pretende realizar uma nova consulta pública para se tornar independente. Com pressões tanto do Fed quanto do Brexit, a libra esterlina e o euro estão em baixa. Ontem à noite, a libra atingiu o menor patamar em dois meses. Os principais mercados europeus estão em baixa.

Mercados asiáticos fecharam em direções mistas. Nikkei 225 (-0.12%), Hang Seng (-0.01%), Shanghai (+0.07%).

A divulgação do relatório mensal da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), demonstrou um avanço da oferta de petróleo e o aumento da produção dos países não pertencentes ao cartel. O petróleo, que oscilava bastante antes do relatório, firmou o movimento de queda após a divulgação.

O minério de ferro no porto de Qingdao registrou queda de 0,14%, a US$ 88,14 a tonelada seca. Já o contrato futuro do minério de ferro na China, pelo Dalian Commodity Exchange, fechou em alta de 4,25%.

Brasil

O Brasil exportou cerca de 1,63 milhão de barris por dia de petróleo em fevereiro.

A produção industrial avançou em 12 locais dos 15 pesquisados pelo IBGE em relação a janeiro de 2016. Já na variação mensal, a indústria caiu em cinco dos 14 locais. A queda nacional foi de 0,1. São Paulo, o maior parque industrial do país, subiu 1,0%.

O mercado local deve ter um clima cauteloso quanto ao noticiário político, com expectativas da divulgação da lista de Janot, além do desdobramento da lava jato e depoimento de Lula. A falta de indicadores econômicos a acompanhar se converte em foco nos balanços e na política.

 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.