Preços dos imóveis sobem 0,13% em fevereiro e 0,84% em 12 meses; perda real é de 4,58%

LinkedIn

O Índice FipeZap, que acompanha o preço dos anúncios de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras, avançou 0,13% entre janeiro e fevereiro de 2017, acumulando, nos últimos 12 meses, alta de 0,84%. As variações ficaram abaixo da inflação nos dois períodos, considerando o IPCA calculado pelo IBGE, que ainda não divulgou o dado de fevereiro, mas, segundo estimativas do Boletim Focus do Banco Central, a variação deve ficar em 0,44% no mês passado e 3,85%, considerando-se os últimos 12 meses. Com base nessa estimativa, a FipeZap calcula que o preço médio dos imóveis acumula uma perda real 4,58% nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro.

fipezapvendafev2017

Olhando por cidade, 9 das 20 pesquisadas apresentaram queda nos preços em fevereiro em relação a janeiro. De forma excepcional, apenas em Belo Horizonte o aumento dos preços dos imóveis superou a inflação esperada para o mesmo período. Considerando a variação acumulada nos últimos 12 meses, 5 das 20 cidades pesquisadas registraram queda nominal de preço. fipezapvendafev2017a

São Paulo registrou alta de 0,18% no mês, acumulando 0,19% no ano e 0,48% em 12 meses.

fipezapvendafev2017b

Já o Rio teve queda de 0,05% em fevereiro e acumula -0,06% no ano e -1,80% em 12 meses, devolvendo um pouco da forte alta provocada nos anos anteriores pelos eventos da Olimpíada e da Copa do Mundo. O mesmo ocorre com Brasília, que teve queda de 0,06% em fevereiro, acumulando -0,44% no ano e -1,19% em 12 meses, reflexo da especulação imobiliária na capital federal, onde o serviço público vinha garantindo altas taxas de crescimento.

fipezapvendafev2017c

Já em termos reais, apenas em um caso foi observada variação dos preços superior à inflação do período, também Belo Horizonte.

Em fevereiro, o valor médio do metro quadrado anunciado das 20 cidades foi de R$ 7.701. Rio de Janeiro se manteve como o a referência do metro mais caro do país (R$ 10.257), seguido por São Paulo (R$ 8.641) e Distrito Federal (R$ 8.427) . Já as cidades com menor valor médio por metro quadrado , entre as 20 consideradas pelo Índice FipeZap, foram: Contagem (R$ 3.546), Goiânia (R$ 4.111) e Vila Velha (R$ 4.601).

fipezapvendafev2017d

O post Preços dos imóveis sobem 0,13% em fevereiro e 0,84% em 12 meses; perda real é de 4,58% apareceu primeiro em Arena do Pavini.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.