Semanário Bovespa: Ibovespa perdeu 0,72% na terceira semana de Março de 2017

Google+ LinkedIn

Na décima primeira semana de 2017 (terceira semana de Março), o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo acumulou uma desvalorização de 0,72%. Foi a quarta variação semanal negativa do ano, contra sete semanas de ganhos. O Ibovespa fechou em baixa de 2,39% nesta sexta-feira, 17 de março de 2017, cotado em 64.209,94. Na semana, foram três pregões de baixa contra dois de alta.

Em março, após treze pregões, o principal índice de ações brasileiro acumula uma desvalorização de 3,68%. Ao longo do mês, foram realizados cinco pregões de alta contra oito de baixa. No pregão do dia 24 de fevereiro, o indicador encerrou cotado em 66.662,10 pontos.

Em 2017, após cinquenta e dois pregões, o Ibovespa acumula uma valorização de 6,61%. No último pregão de 2016, o principal índice acionário do país fechou cotado em 60.227,29 pontos. Ao longo do ano, foram registrados vinte e quatro pregões de baixa contra vinte e oito de alta.

 

Variação diária do Ibovespa na terceira semana de Março de 2017

Data Cotação Variação Variação % Mínimo Máximo Volume
17/03/17 64.209,94 -1.572,92 -2,39 64.151,75 66.205,10 5.374.189
16/03/17 65.782,85 -452,02 -0,68 65.530,52 66.554,15 2.948.896
15/03/17 66.234,88 1.535,41 2,37 64.537,21 66.317,67 3.857.784
14/03/17 64.699,46 -834,84 -1,27 64.699,46 65.549,41 2.912.179
13/03/17 65.534,30 858,84 1,33 64.674,12 65.651,25 2.229.705

 

Fechamento do Ibovespa na segunda-feira, 13 de Março de 2017

O tom positivo prevaleceu no mercado acionário brasileiro nesta segunda-feira, com a alta de seu principal índice ganhando suporte na valorização dos preços do minério de ferro na China, que impulsionaram a alta das ações da Vale. O Ibovespa também teve as ações da Cemig entre seus muitos destaques positivos no dia, diante de notícia sobre novos planos para suas subsidiárias.

Puxado por Vale e Cemig, Ibovespa iniciou terceira semana de Março em forte alta

 

Fechamento do Ibovespa na terça-feira, 14 de Março de 2017

O principal indicador da bolsa de valores brasileira fechou em forte queda de nesta terça-feira, com investidores adotando cautela na véspera da decisão do Federal Reserve sobre os juros norte-americanos e diante do cenário político local conturbado.

Ibovespa caiu forte nesta terça-feira, devolvendo valorização da véspera

 

Fechamento do Ibovespa na quarta-feira, 15 de Março de 2017

O principal índice de ações da BM&FBovespa fechou em forte alta nesta quarta-feira, a maior em quase dois meses. O Ibovespa ampliou os ganhos após o Federal Reserve (Fed) elevar a taxa de juros conforme amplamente esperado e indicar a manutenção de um ritmo gradual para a normalização da política monetária nos Estados Unidos.

Depois da decisão do Fed nesta quarta-feira, Ibovespa registrou maior alta diária em dois meses

 

Fechamento do Ibovespa na quinta-feira, 16 de Março de 2017

O Ibovespa, principal índice da BM&FBovespa, fechou em queda nesta quinta-feira, pressionado pelas ações do setor financeiro, da Petrobras e da Vale, em sessão com baixo movimento nos mercados externos e intenso noticiário doméstico.

Noticiário interno pesa, fazendo Ibovespa voltar a fechar em queda nesta quinta-feira

 

Fechamento do Ibovespa na sexta-feira, 17 de Março de 2017

O Ibovespa fechou em forte queda nesta sexta-feira, pressionado pelas fortes baixas nas cotações das empresas de alimentos BRF e JBS. As duas empresas foram citadas nesta em um esquema de venda ilegal de carnes. As ações da BRF chegaram ao seu menor valor desde 2012.

Ibovespa desabou nesta sexta-feira, puxado por ações de JBS e BRF

JL Torres é Sócio-Diretor da ADVFN Brasil. Além de ser um dos principais colaboradores do Jornal ADVFN, também é responsável pelas newsletters Mercado Diário e Semanário Bovespa

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.