Discurso de Yellen e novas projeções Focus

LinkedIn

Mercados Globais

Após uma sexta-feira decepcionante para os mercados americanos, devido ao payroll, destaque é por conta do discurso do presidente do Fed. Janet Yellen discursará na universidade de Michigan às 17:10. Os EUA se atentarão também ao juiz Neil Gorsuch que toma posse na Suprema Corte às 10:00; e cerimônia pública na casa branca às 12:00.

Os mercados de Nova York podem ver, com bons olhos, os planos da Toyota de investir US$ 1,3 bilhão em sua fábrica no Kentucky. Esta é uma das empresas criticadas por Trump, que se sentiu estimulada a apresentar um plano de investimento de US$ 10 bilhões no país nos próximos cinco anos, a fim de empregar mais cidadãos americanos.

Mercados na China caem, interrompendo os ganhos após a divulgação de que o chefe da entidade reguladora da indústria de seguros está sob investigação por violações graves de disciplina. Hang Seng (-0.02%), Xangai (-0.52%).

Petróleo em alta, com campo petrolífero na Líbia fechado. Há também influencias das tensões geopolíticas na Síria, que apesar de não ser um produtor petrolífero relevante, causa preocupações no oriente médio.  Na quarta haverá o relatório mensal da organização dos países exportadores de petróleo.

Quanto ao Cobre, opera em baixa, ainda realizando lucros. O minério de ferro no porto de Qingdao sobe 0,98%, em US$ 74,71 a tonelada seca.

Brasil

O indicador destaque no Brasil é o relatório Focus, do Banco Central. O relatório trouxe novidades baixistas da percepção do mercado. A taxa básica para o fim deste ano caiu para 8,50%. Ademais, o superávit comercial em 2017 subiu de US$ 50,07 bilhões para US$ 50,90 bilhões.

O Índice Geral de Preços – Mercado registrou taxa de variação de -0,74% no primeiro decêndio.
O recuo nos preços do atacado ajudou a desacelerar a inflação. O IPA registrou variação de -1,21%, com as matérias brutas despencando em -3,32%. As grandes contribuições vieram do minério de ferro (5,84% para -1,60%) e milho (2,62% para -11,04%).

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.