Setubal: Itaú Unibanco deve manter participação de 90% no portfólio da Itaúsa

Google+ LinkedIn

“Como o banco gera muito resultado e muita equivalência patrimonial, vai voltar a superar a participação de 90% (no nosso portfólio) nos próximos anos. Não temos pressa. O portfólio já está mais diversificado”, explicou Setubal, em teleconferência com analistas e investidores, na manhã desta sexta-feira, 14. No final do ano passado, a Itaúsa já havia sinalizado ao mercado sua intenção de ter um portfólio mais diversificado. Na ocasião, inclusive, analisava uma possível transação com a BR Distribuidora, da Petrobras.

O Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) deve manter participação de 90% no portfólio da Itaúsa (BOV:ITSA4) ao longo dos próximos anos, mesmo diante do processo de diversificação de portfólio da holding, de acordo com o presidente da Itaúsa, Alfredo Setubal. Não há, de acordo com ele, nenhum novo investimento no radar, depois da aquisição da Alpargatas e da Nova Transportadora do Sudeste (NTS), mas a empresa segue aberta para analisar oportunidades.

Com a Alpargatas e a NTS, a fatia do Itaú no portfólio da Itaúsa diminui de 97,7% ao final de dezembro para 94,2% atualmente. Setubal disse que a oportunidade da Alpargatas foi “muito grande e boa” e apareceu “de repente”. Segundo ele, a Itaúsa “não poderia abrir mão” do ativo, que foi colocado à venda em meio à busca do grupo J&F por liquidez, após a crise gerada com a delação de seus proprietários, os irmãos Batista. “A aquisição da Alpargatas foi importante para a Itaúsa.

É uma marca muito forte, uma empresa com muita tradição. Nós e (os fundos) BW e Cambuhy estamos bastante animados com a transação. Vemos muitas oportunidades de melhoria, expansão de marcas e mercados, principalmente, internacional”, destacou Setubal, explicando que a Alpargatas traz uma diversificação importante na área industrial no Brasil para a Itaúsa. “O Itaú continuará como nosso grande carro-chefe. Mas esperamos muitas alegrias com a Alpargatas”, acrescentou.


 

O Money Times busca ser uma referência independente em informações de relevância para o mercado: investidores, analistas, gestores ou entusiastas do ambiente econômico brasileiro.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.