Credit Suisse corta recomendação para BR Properties

LinkedIn

As ações da BR Properties (BOV:BRPR3) caem forte (aproximadamente 6%) nesta quarta-feira (9) após a empresa apresentar um resultado abaixo do esperado no segundo trimestre e o Credit Suisse cortar a recomendação para os papéis. A empresa registrou um prejuízo líquido de R$ 8,8 milhões no segundo trimestre de 2017, montante 67,0% abaixo do prejuízo de R$ 26,9 milhões registrado no mesmo período de 2016.

Segundo o balanço, o resultado líquido foi impactado, principalmente, pelo efeito não caixa da desvalorização cambial sobre o bônus perpétuo denominado em dólares, no montante de R$ 26,0 milhões. Além disso, a empresa registrou uma queda de faturamento devido ao maior nível de vacância em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Os aluguéis em alguns contratos também foram reduzidos.

O Credit Suisse cortou a recomendação para os papéis de outperform, o mesmo que compra, para neutra e manteve o preço-alvo de R$ 11,50.  “As ações já subiram 45% no ano, o que já precifica a significante redução na vacância do portfólio, em nossa visão”, mostra o relatório assinado por Nicole Hirakawa, Luis Stacchini e Vanessa Quiroga.

Fonte: Money Times. 

Deixe um comentário