Custos de condomínios em SP caem 0,02% em julho; em 12 meses, alta é de 5%

LinkedIn

 

O Icon (Índice dos Custos Condominiais), estudo realizado mensalmente pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação), aponta uma ligeira queda de 0,02%, em comparação ao mês anterior, mantendo a estabilidade na Região Metropolitana de São Paulo.

No acumulado de 12 meses (agosto de 2016 a julho de 2017), o Icon registrou variação positiva de 5%, percentual acima da inflação medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), da Fundação Getúlio Vargas, que foi de -1,66% no mesmo período.

Para Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP, o Icon é uma importante ferramenta para síndicos e administradoras acompanharem os gastos, mas não deve ser usado como índice de reajuste do rateio do condomínio. Segundo ele, “cada condomínio tem sua própria estrutura de despesas e o síndico precisa manter um rigoroso controle das contas, bem como uma previsão orçamentária suficiente para fazer frente às despesas ordinárias durante o ano”.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.