Disparada das ações acende temor de nova ‘bolha’ no setor de tecnologia

LinkedIn

Em alta constante desde o início de 2017, as ações das empresas de tecnologia vêm batendo recorde atrás de recorde – o que garantiu, ao longo do ano, uma série de máximas histórias do índice Nasdaq, que reúne as ações de gigantes do setor, como Facebook, Amazon, Apple, Microsoft e Google. Tanto crescimento fez os analistas acenderem a luz amarela, com as lembranças da queda generalizada das empresas de internet na virada do milênio.

“O setor de tecnologia está ridiculamente sobrecarregado”, disseram analistas do Goldman Sachs, em relatório a clientes em 9 de junho – o que levou a uma queda generalizada, mas momentânea, dos papéis do ramo. O relatório lembrou que cinco gigantes – Facebook, Amazon, Apple, Microsoft e Google – adicionaram US$ 600 bilhões em valor de mercado até junho, valor equivalente à combinação do Produto Interno Bruto (PIB) de Hong Kong e da África do Sul e mais de um terço do PIB do Brasil.

Considerando o fechamento da última sexta-feira, houve valorização média de 30% nos papéis das seis principais empresas de tecnologia em 2017: a Microsoft teve alta de 16,96%, o Google subiu 18,60%, a Amazon.com avançou 31,70%, a Apple ganhou 35,03%, a Netflix teve elevação de 45,61% e o Facebook saltou 47,69%.

Fonte: Estadão 

 

Deixe um comentário