Dólar fecha a sexta-feira em alta

LinkedIn

Após o governo adiar a retomada das negociações para a Reforma da Previdência, um dos principais pontos para o ajuste das contas públicas, o dólar fechou em alta nesta sexta-feira (25). O discurso de Janet Yellen, presidente da Federal Reserve, em um simpósio em Jackson Hoje também impactou as negociações da moeda durante o dia.

Histórico

Hoje, o dólar fechou com 0,22% de alta, cotado a R$ 3,1534 para compra e R$ 3,1544 para venda.

Durante o mês, após 19 pregões, a moeda apresenta uma valorização de 1,16%. São 11 pregões de alta contra 8 de baixa ao longo de agosto. No último pregão de julho, o dólar fechou cotado a R$ 3,1176 para compra e R$ 3,1181 para venda.

Com relação ao desempenho anual, após 163 pregões, o dólar acumula uma queda de 2,93% ante o real. Até o momento, são 79 de alta contra 84 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

Até então, a moeda vinha exibindo pequenas variações, após Janet Yellen, presidente da Federal Reserve, não mencionar política monetária do Banco Central dos Estados Unidos durante seu discurso em Jackson Hole, e à espera do discurso do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, no mesmo simpósio.

Ainda, segundo informações da Reuters, o governo adiou mais uma vez a retomada da negociação sobre Reforma da Previdência, apesar de manter a aposta na aprovação até o final deste ano. Isso enquanto tenta aprovar rapidamente as medidas econômicas enviadas ao Congresso, entre elas o aumento da meta de déficit fiscal para 2017 e 2018.

Deixe um comentário