Governo volta atrás e cria novo texto sobre a exploração do Renca

LinkedIn

governo federal decidiu recuar após repercussão negativa e revogou o decreto que acabava com a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca)Por outro lado, o Planalto pretende manter a área aberta à mineração, com novo texto detalhando como continuará a preservação ambiental da região.

O novo texto foi a forma encontrada para reduzir as críticas nacionais e internacionais com o fim do Renca. Agora, entre as novas definições, não será permitida a mineração em nenhuma das nove unidades de conservação ambiental e indígenas existentes na reserva.

O governo havia argumentado que o objetivo da extinção da reserva era para “coibir a exploração ilegal” e recolocar o Estado como administrador das jazidas. Criado durante a Ditadura Civil-Militar, o Renca possui 47 mil quilômetros quadrados de uma área rica em cobre, ouro, tântalo, minério de ferro, níquel e manganês.

Deixe um comentário