Ibovespa atinge novamente o patamar dos 70.000 pontos com anúncio da TLP

LinkedIn

Hoje o Ibovespa atingiu novamente o patamar de 70.000 pontos, subindo em relação a ontem. O mercado reagiu bem à aprovação da TLP no Congresso Nacional e ainda repercute as privatizações propostas pelo governo federal.

Histórico

O índice da B3 fechou em 70.477,63, com alta de 0,67% em relação ao pregão do dia anterior. Os principais papéis que influenciaram nessa alta foram os da VALE (BOV:VALE5), com alta de 2,13%, da Ambev (BOV:ABEV3) subindo 0,46%, do Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) com +1,09% e do Bradesco (BOV:BBDC4) que cresceu 0,9%.

Por outro lado, após grandes altas no último pregão, a Eletrobras ON (BOV:ELET3) despencaram 11,04% e os da Eletrobras PB (BOV:ELET6caíram 9,13%.

Após 17 pregões, o Ibovespa subiu 6,91% em agosto. já foram 12 pregões positivos contra cinco negativos. Em julho, o índice fechou com 65.920,36 pontos.

No comparativo do ano, depois de 161 pregões, o indicativo acumulou um crescimento de 17,02%. Já foram 80 fechamentos em alta contra 81 em baixa. Em 2016, o Ibovespa foi fechado em 60.227,29 pontos.

Influência

O mercado nacional ainda está repercutindo o plano de privatização da Eletrobras, além do anúncio no final da tarde do governo federal de encaminhar outros 57 projetos para o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Além disso, a aprovação em comissão mista da Taxa de Longo Prazo (TLP) para empréstimos do BNDES. O resultado da votação favorável ao projeto de Temer indica que um fortalecimento da base aliada do governo.

 

Deixe um comentário