Prêmio em ação na privatização da Cesp deve ser pequeno

LinkedIn

O prêmio para os acionistas da Cesp (BOV:CESP6) deverá ser pequeno ou até inexistente no leilão de privatização da empresa marcado para o próximo dia 26 de setembro, avaliam os analistas do BTG Pactual e do Credit Suisse. O preço mínimo estabelecido é de R$ 16,80. O valor está acima do negociado atualmente, em torno de R$ 16,15.

“Não prevemos uma forte concorrência no leilão, o que poderia traduzir-se em um prêmio baixo (zero?) para o preço do piso”, avaliam os analistas Antônio Junqueira, João Pimentel e Gustavo Castro do BTG Pactual.

Segundo eles, apesar da perspectiva pouco otimista, a recomendação é de compra para aproveitar o diferencial entre os preços de hoje e o do leilão.

“Não acreditamos em uma concorrência significativa no leilão, dado o curto perfil de fluxo de caixa da Cesp, o tamanho do negócio e as complexidades legais com as quais a empresa está envolvida. Portanto, não esperamos um prêmio relevante ao preço mínimo e mantemos a nossa classificação ‘neutral’”, ressaltam Vinicius Canheu e Arlindo Carvalho, do Credit Suisse.

O BTG avalia que o potencial comprador será a China Three Gorges Brasil, que já adquiriu duas hidrelétricas da Cesp em 2015 (Jupiá e Ilha Solteira).

Fonte: Money Times

Deixe um comentário