TLP segue influenciando o dólar e moeda fecha em alta nesta quinta-feira

LinkedIn

Nesta quinta-feira (24), após as movimentações políticas no país, o dólar fechou em alta. Novamente, as atenções dos investidores permanecem voltadas para a Taxa de Longo Prazo (TLP), que foi aprovada na Câmara dos Deputados na tarde de hoje. A repercussão sobre a decisão do governo de privatizar mais 57 empresas, incluindo a Casa da Moeda, também movimentou o mercado durante o dia.

Histórico

Hoje o dólar fechou com 0,16% de alta, cotado a R$ 3,1463 para compra e R$ 3,1473 para venda.

Em agosto, após 18 pregões, a moeda apresenta uma desvalorização de 0,93%. São 10 pregões de alta contra 8 de baixa ao longo do mês. No último pregão de julho, o dólar fechou cotado a R$ 3,1176 para compra e R$ 3,1181 para venda.

No desemprenho anual, após 162 pregões, o dólar acumula uma queda de 3,15% ante o real. Até o momento, são 79 pregões de alta contra 83 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da medida provisória que institui a nova taxa de juros do BNDES, a Taxa de Longo Prazo (TLP). A medida se mostra importante para o governo ajustar as contas públicas, uma vez que substituirá a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP).

O anúncio sobre a privatização de 57 empresas, incluindo o aeroporto de Congonhas e a Casa da Moeda, também afetou o cenário.

No exterior, a moeda teve uma leve alta.

Deixe um comentário