WhatsCall eleva preço-alvo da Eletrobras para R$ 27,50

LinkedIn

A consultoria independente WhatsCall elevou o preço-alvo para as ações da Eletrobras (ELET6) de R$ 24 para R$ 27,50 e reiterou a recomendação de compra, mostra uma análise enviada a clientes nesta quarta-feira (23). Os papéis subiram 32% na terça-feira, para R$ 23,55. O potencial de valorização é de 17% em relação ao fechamento de ontem.

“Acreditamos que as ações do setor elétrico, principalmente as estatais, devem continuar subindo em bolsa. Com relação à Eletrobras, que subiu forte com o anúncio da desestatização, ajustamos o preço-alvo para refletir múltiplos de empresas privatizadas”, avalia o analista Flavio Conde.

Segundo ele, o valor ainda não representa a totalidade do esperado devido às incertezas sobre o processo, o que o levou a aplicar um desconto de 20%.

Copel e Cemig

A WhatsCall também reavaliou as estimativas para a Copel (CPLE6) e Cemig (CMIG4). A primeira tem recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 38. “A Copel vem subindo em bolsa desde que o atual CFO negou a intenção de fazer um aumento de capital de até R$ 4 bilhões, mas ainda não recuperou totalmente o seu valor de mercado”, analisa Conde.

As ações da Cemig, avalia a consultoria, devem continuas voláteis nos próximos dias, oscilando em relação às notícias sobre a indefinição das quatro usinas em disputa com o governo federal, além da venda de ativos. “Continuamos recomendando a compra, com preço alvo de R$ 10,00 (10% de desconto por conta de risco político), com potencial de valorização de 16% até o fim do ano”, mostra a análise.

Fonte: Money Times

Deixe um comentário