Barroso autoriza novo inquérito contra o presidente Michel Temer

LinkedIn

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luis Barroso autorizou a abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer. Esta é a segunda denúncia feita pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot e envolve o Decreto dos Portos, que teria favorecido a empresa Rodrimar S/A.

O presidente está sendo acusado de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro. O ex-deputado federal e ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures e os empresários Ricardo Conrado Mesquita e Antônio Celso Grecco, da Rodrimar, também foram acusados de pagamentos de propinas.

As suspeitas sobre o caso iniciaram após a Polícia Federal ter interceptado um conversa entre Temer e seu antigo assessor no dia 4 de maio em um grampo no telefone de Loures. Eles conversaram sobre quando seria assinado o decreto dos Portos e depois, o ex-deputado passou as informações por telefone a Mesquita.

Deixe um comentário