Brasil: dívida pública federal cresceu 9,35% nos oito primeiros meses do ano

LinkedIn

Nos oito primeiros meses de 2017, o estoque da Dívida Pública Federal (DPF) apresentou crescimento, em termos nominais, de 9,35%, passando de R$ 3.112,94 bilhões, em dezembro de 2016, para R$ 3.404,0 bilhões, em agosto de 2017. Esta variação deveu-se à emissão líquida, no valor de R$ 76,96 bilhões, e pela apropriação positiva de juros, no valor de R$ 214,42 bilhões.

De acordo com o Plano Anual de Financiamento (PAF) divulgado pelo Tesouro Nacional, a dívida pública brasileira deve encerrar o ano de 2017 entre R$ 3.450,00 bilhões e R$ 3.650,00 bilhões. Clique aqui e confira mais detalhes sobre a dívida pública federal brasileira em agosto de 2017.

Dívida Pública Federal Interna

Entre dezembro de 2016 e agosto de 2017, a Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) teve seu estoque aumentado em 10,05%, ao passar de R$ 2.986,41 bilhões para R$ 3.286,43 bilhões.

Dívida Pública Federal Externa

Com relação ao estoque da Dívida Pública Federal Externa (DPFe), houve retração de 7,08% sobre o estoque apurado em dezembro de 2016 (R$ 126,52 bilhões), encerrando o mês de agosto de 2017 em R$ 117,57 bilhões (US$ 37,36 bilhões), sendo R$ 106,03 bilhões (US$ 33,69 bilhões) referentes à dívida mobiliária e R$ 11,53 bilhões (US$ 3,67 bilhões), à dívida contratual.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.