Bússola de Investimentos: Confira as principais notícias do mercado financeiro nesta quarta-feira, 27 de setembro

LinkedIn

A Bússola de Investimentos: desta quarta-feira traz: Votorantim vende 50% de suas ações nos Estados Unidos, conselho da Oi apresenta novo plano de recuperação, Fibria encerra captação de R$941,3 mi via emissão de CRA

VOTORANTIM (VEBM)

A Votorantim Cimentos, empresa controlada pelo grupo Votorantim, anunciou a venda sua participação de 50% em uma companhia de cimentos no norte do Estado da Flórida. A venda faz parte da estratégia da companhia de priorizar ativos em seu portfólio e de redução de endividamento. Leia

OI (OIBR4)

O conselho de administração da Oi apresentará hoje, em reunião marcada para o meio-dia, uma nova versão do plano de recuperação judicial da operadora. A principal alteração em relação a versão anterior, apresentada em março de 2017, é a inclusão de uma operação de aumento de capital, no valor de quase R$ 9 bilhões. Leia

FIBRIA (FIBR3)

A Fibria concluiu a captação de 941,286 milhões de reais por meio da distribuição pública de certificados de recebíveis do agronegócio lastreados em notas de crédito à exportação, informou a maior produtora de celulose de eucalipto do mundo. Leia

CAMIL (CAML3)

A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Camil Alimentos, maior beneficiadora de alimentos da América Latina, movimentou R$ 1,319 bilhão, depois da companhia enfrentar resistência dos investidores que a obrigou a reduzir o preço da ação, que foi fixado em R$ 9,00, abaixo da faixa indicativa da oferta, que inicialmente foi estimado entre R$ 10,50 e R$ 13,00. Leia

PARANAPANEMA (PMAM3)

A Paranapanema informou ontem que concluiu com sucesso seu processo de reestruturação. A empresa conseguiu a adesão de credores que representam 84% de sua dívida, obtendo uma redução de 28% em 94% do débito, que passará a ter um prazo médio de 4,5 anos. Além disso, houve uma capitalização por meio de ofertas públicas restritas de ações e debêntures conversíveis em ações de R$ 712 milhões. Leia

ELETROBRAS (ELET6)

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, afirmou nesta terça-feira (26) que das 50 obras de transmissão de energia com maior atraso, 30 são de responsabilidade da Eletrobras  e outras três são de sociedades das quais a estatal participa. Leia

BRASKEM (BRKM5)

Um grupo de minoritários da Braskem está se movimentando para barrar a recompra da companhia de saneamento Cetrel, hoje nas mãos da Odebrecht, controladora da petroquímica. A compra do ativo por R$ 610 milhões foi anunciada em janeiro e a assembleia de acionistaspara deliberar sobre o tema está marcada para ocorrer nesta semana. Leia

APPLE (AAPL)

A Apple já perdeu US$ 56,56 bilhões em valor de mercado desde que lançou seus novos modelos do iPhone, em 12 de setembro. Apenas ontem, a ação da Apple caiu 0,9% em Nova York, fechando no menor nível em oito semanas, em meio a preocupações com a demanda mais fraca do que se esperava pelos iPhone 8 e iPhone 8 Plus. Há temores também de que a chegada do iPhone X ao mercado sofra atrasos. Leia

UNIPAR (UNIP6)

A Unipar Carbocloro informou nesta terça-feira, 26, o encerramento do seu contrato de gestão com a Estáter Assessoria Financeira Ltda. Com isso, a Estáter iniciará um período de transição para se desligar da gestão da companhia até o dia 31 de dezembro de 2017, após o fechamento do Capital da companhia. Leia

ITAU UNIBANCO (ITUB4)

O Itaú Unibanco anunciou nesta terça-feira, 26, que pretende retirar o limite máximo de 45% do lucro líquido consolidado recorrente para a remuneração dos acionistas via juros sobre capital próprio e dividendos. Leia

ITAÚSA (ITSA4)

A Itaúsa pode avaliar a possibilidade de participar em um consórcio para compra de participação na petroquímica Braskem, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da holding controladora do Itaú Unibanco, Alfredo Setubal. Leia

PETROBRAS (PETR4)

A Petrobras  aumentou em 7,9%, em média, os preços de comercialização às distribuidoras do gás liquefeito de petróleo (GLP) destinado aos usos industrial e comercial. O reajuste do GLP entra em vigor nesta quarta-feira (27). Leia

NATURA (NATU3)

A Natura comunicou ao mercado nesta terça-feira, 26, que a FTSE Russell confirmou que a companhia atende aos critérios e exigências para se tornar uma empresa integrante da Série de Índices da FTSE4Good. O Índice FTSE4Good foi criado para medir a perfomance das companhias que demonstram grandes práticas ambientais, sociais e de governança corporativa. Leia

 

 

 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.