Citi recomenda três títulos públicos para investir no Tesouro Direto

LinkedIn

O Citi sugere uma alocação de perfil moderado para os investimentos no Tesouro Direto, segundo relatório enviado a clientes e assinado por Cauê Pinheiro, Larissa Nappo e Rafael Santos.

A exposição indicada é de 44% em Tesouro Selic – LFT (vencimento 2023), 33% no Tesouro Prefixado – LTN (vencimento 2020) e 23% no Tesouro IPCA – NTN-Bs (vencimento 2024).

Abaixo, o banco propõe outras carteiras para perfis mais arriscados ou ainda mais conservadores.

“No Brasil, a recuperação econômica segue seu curso, apesar da turbulência política. Projetamos que o PIB se expandirá em 0,8% neste ano e 2,4% em 2018, enquanto o Banco Central deverá seguir com a flexibilização da política monetária. Mantemos nossas projeções para o IPCA de 2017 em 3,2% e em 4,0% para 2018”, escrevem os analistas.

Perfis e sugestão

O Citi propõe uma tabela para que o investidor encontre o seu perfil dentro das alternativas de investimentos do Tesouro Direto. E, por ora, a alocação sugerida é a III.

Citi_2

Veja qual é o seu perfil dentro do Tesouro Direto:

Citi2_0

Fonte: Money Times. 

Deixe um comentário