Em clima de cautela diante do cenário político, dólar fecha o dia em alta

LinkedIn

Após a Polícia Federal concluir que há indícios de que o presidente Michel Temer e ministros cometeram atos corruptos, o dólar encerrou o pregão desta terça-feira (12) em alta pelo segundo dia seguido.

Hoje

Hoje o dólar fechou o dia com 0,81% de alta, cotado a R$ 3,1285 para compra e R$ 3,1290 para venda.

Em setembro, após 7 pregões, a moeda acumula 0,59% de queda. Até o momento, são 5 pregões de baixa contra 2 de alta. No último pregão de agosto, o dólar fechou cotado a R$ 3,1417 para compra e R$ 3,1475 para venda.

Em 2017, após 174 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 3,71%. São 83 pregões de alta contra 91 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

O mercado financeiro permanece cauteloso diante do cenário político atual. Em inquérito que investiga o chamado “quadrilhão da Câmara”, a Polícia Federal concluiu que houve indícios de crimes cometidos pela cúpula do PMBD, incluindo o presidente da república Michel Temer.

No cenário exterior, o dólar também operou em alta – o que influenciou as negociações da moeda em solo brasileiro.

 

Deixe um comentário