Fluxo cambial brasileiro fechou a segunda semana de Setembro de 2017 em déficit

LinkedIn

O Brasil enviou mais dólares do que recebeu do exterior na segunda semana de Setembro de 2017, composta por quatro dias úteis, em função do feriado de Independência. Dados do Banco Central revelam que o saldo do fluxo cambial ficou negativo em US$ 967 milhões entre os dias 04 e 10 de Setembro.

No período, o fluxo de dólares transacionado pelo canal financeiro ficou negativo em US$ 973 milhões, fruto de entradas no valor de US$ 6,492 bilhões e de saídas totalizando US$ 7,465 bilhões.

Já no comércio exterior, o saldo entre entradas e saídas no período ficou positivo em US$ 6 milhões, com importações no valor de US$ 2,305 bilhões e exportações totalizando US$ 2,299 bilhões. Na soma das exportações, foram incluídos US$ 374 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 561 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,370 bilhão entre outras entradas.

Fluxo Cambial Acumulado no Mês

Considerando todos os valores parcialmente acumulados durante o mês de Setembro, o fluxo cambial encontra-se negativo US$ 1,251 bilhão. Saiba mais!

Fluxo Cambial Acumulado no Ano

No período acumulado entre o primeiro dia útil do ano e o quinto dia útil de Setembro, o volume de entrada de dólares supera o de saída em US$ 2,882 bilhões. Saiba mais!

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.