Notícias do Mercado - 19/09/2017

LinkedIn

No Brasil temos a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, que deve chegar na Câmara ainda esta semana. Apesar dos comentários, a expectativa é de que a casa novamente impeça a continuidade da denúncia, assegurando a permanência do presidente Temer. A classe política observa ainda a possibilidade de que Geddel Vieira Lima assine acordo de delação premiada, podendo sensibilizar ainda mais a situação do presidente.

Enquanto isso, ainda na Câmara, tramita com dificuldade o projeto de reforma política. A expectativa é de diluição pesada, sendo aprovados apenas o fim das coligações e uma cláusula de desempenho para os partidos. Para valer já nestas eleições, o projeto tem que tramitar nas duas casas até o dia 7 de outubro.

Lá fora, o mercado fica atento à decisão de política monetária do FED, que será anunciada amanhã. O consenso é de que o banco mantenha a taxa atual até o final do ano, podendo divulgar mais detalhes sobre o processo de redução de balanço da instituição. Em Nova York teremos assembleia geral da ONU, com o Trump cobrando uma postura mais dura em relação à situação na Venezuela.

As Bolsas lá fora operam em alta suave, com o contrato Brent do petróleo ainda na casa dos 55 dólares o barril.

DESTAQUES CORPORATIVOS

  • JBS nomeia Tomazoni para COO (Chief Operating Officer) e Wesley Filho para operações América do Sul
    • BNDES: Presidente pediu posição da CVM sobre divergência da JBS
    • Batistas buscam se manter no poder na JBS após pressão do BNDES
    • BNDES aprova Belini e Ticoulat para compor conselho da JBS
    • Credores têm como certo o cumprimento de acordo com a J&F: Estado
    • Batistas buscam se manter no poder na JBS após pressão do BNDES
  • Sabesp contrata Itaú BBA para vender 49% da holding em negócio que pode girar R$ 5 bi: Estado
  • Cemig: Bancos exercem opção de venda de ações de Lepsa e RME
    • EDP e Ampla têm interesse na Light: Globo
  • Vale: Revisões Código de Mineração são difíceis de passar em meio à crise
  • Petrobras confirma precificação de títulos no exterior
    • Sanção a diretor da Petrobras é revertida por Comissão de Ética
  • Banco chinês CDB quer plano reformulado para negociar com Oi: Coluna do Broad
  • TPI: Conselho aprova recompra de até 4,71 mi ordinárias em 18 meses
  • CCR Rodonorte aprova emissão de R$ 390 mi em debêntures
  • Localiza aprova emissão de R$ 650 mi em notas promissórias
  • Multiplan é rebaixada para neutral pelo Bradesco BBI
  • Somos Educação negocia venda de até 30% das escolas: Valor

Deixe um comentário