Aneel aprova transferência de complexo da Renova Energia

LinkedIn

A Renova Energia (BOV:RNEW11) veio a público informar por meio de  fato relevante na noite desta terça-feira, 24, que a Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou a transferência do Complexo Eólico Umburanas para a Engie Brasil Energia (BOV:EGIE3).

Em agosto a Engie assinou contrato com a Renova para adquirir o capital das empresas que compõem o Complexo por R$ 15 milhões.

“Porém, como a negociação envolvia o pedido de cancelamento de 4 outorgas deste mesmo Complexo, restou decidido pela aplicação de uma penalidade de R$ 3,8 milhões à companhia e pela suspensão do direito da companhia de contratar ou participar de licitações promovidas pela Aneel pelo período de 1 ano”, explicou a Renova.

Segundo a empresa de energia, os controladores da Renova não serão afetados pela decisão.

Mas a punição de disputar leilões do governo federal para a contratação de novas usinas pode ser suspensa se a empresa mudar de controlador, afirmou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira.

A medida seria benéfica para a canadense Brookfield, que negocia a aquisição do controle da Renova.

Atualmente, a Renova Energia é controlada pela Cemig (CMIG4) e pela LIGHT (LIGT3).

Deixe um comentário